sábado, 30 de novembro de 2019

Vergonhosa impunidade no acesso ao curso de medicina


https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/a-infalivel-receita-para-educar-para-o.html

Ainda na sequência do post acima, na parte relativa aos comentários acerca do acesso ao curso de medicina, é importante registar que o semanário Expresso informa hoje que o Ministério de Educação acaba de abrir um processo ao famoso colégio que já no ano de 2001 era conhecido por ser capaz de fazer ingressar muito alunos no curso de medicina 

Trata-se do mesmo colégio  que em 2008 a sua directora pedagógica, Conceição Amaral, enchia a boa para dizer que já tinham colocado quase 90 alunos no curso de medicina  e também o mesmo que agora se ficou a saber que 95% dos alunos de 9 turmas, centenas de alunos, obtiveram classificações de 19 e 20 valores a uma certa disciplina, tendo a classificação mais baixa sido de 18 valores. 

Ou seja, quando era suposto que o processo disciplinar já estivesse concluído e já houvesse até mesmo sentenças de cadeia (pois não se admite que haja prisão para o crime de injúrias mas não haja para esta pouca vergonha) fica-se a saber que apenas foi instaurado um processo disciplinar à senhora diretora pedagógica do referido colégio, o qual pode resultar numa inócua advertênciazinha, numa multazinha, numa suspensãozinha ou no máximo dos máximos no afastamento de funções ! 

Já as centenas de alunos deste colégio, que nas ultimas duas décadas, conseguiram ingressar no curso de medicina exclusivamente, porque beneficiaram da brilhante estratégia pedagógica que lá se leva a efeito, esses ninguém lhes toca e os outros os prejudicados esses que se amanhem como puderem (leia-se, que se fodam !  

Se o Ministério de Educação sabe que muitos colégios privados praticam de forma sistemática o referido empolamento de classificações,  que de acordo com um relatório do IGEC nalguns casos chega quase a 4 valoreshttps://www.publico.pt/2018/02/03/sociedade/noticia/onze-escolas-inflacionam-notas-dos-alunos-ha-nove-anos-seguidos-1801563 mais não lhe resta que em sede de candidatura ao ensino superior, descontar o valor dos diferentes valores de empolamento dos diferentes colégios, na classificação dos alunos desses mesmos colégios, não o fazer significa que o Estado Português é cúmplice com o "roubo" (do futuro de muitos jovens que só não ingressaram num curso de medicina porquanto os seus pais não puderam pagar as mensalidades de um colégio privado e dessa forma não beneficiarem de empolamento da sua média) e muito se estranha que o Ministério Público ainda nada tenha feito a esse respeito. 


Qual é a lógica de um empresário poder deduzir os encargos com um Ferrari no imposto sobre rendimentos de pessoas coletivas (IRC) ?



Já se sabia vide post acima que este país é tão original que muitos bens de luxo pagam uma taxa de IVA inferior à que paga um bem de consumo fundamental como a electricidade e hoje em artigo publicado na secção de Economia do Expresso, sobre quais os concelhos que tem mais carros de luxo, descriminados por marca, fica-se a saber por exemplo que o concelho do Porto no que respeita a Ferraris lidera este país, já o concelho de Mora domina nos Maseratis e o concelho da Azambuja domina nos Bentleys, e também que uma percentagem expressiva das viaturas de luxo estão em nome de empresas, pois as mesmas podem deduzir a sua compra, o combustível e a manutenção no IRC. 

Porém se a autoridade fiscal aceita que encargos com Ferraris, Lamborghinis (que revela o artigo é uma das marcas preferidas pelas empresas Portuguesas) ou Bugattis (o artigo menciona que um pertence a uma empresa de Leiria) podem integrar a sacrossanta definição:
"São assim fiscalmente dedutíveis todos os gastos contabilísticos suportados pela empresa que são indispensáveis à realização dos proveitos ou ganhos sujeitos a imposto ou à manutenção da fonte produtora" 

então pela mesma ordem de razões também as despesas de um empresário com uma prostituta (ou prostituto) também devem ser dedutíveis no IRC porque são despesas que também asseguram o bem estar do empresário (dizem os manuais que um empresário stressado apresenta um desempenho subóptimo) e logo são também "indispensáveis à realização dos proveitos..."

"Raising the alarm...an existential threat to civilization"


https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/naturenew-data-triple-estimates-of.html
https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/world-scientists-warning-of-climate.html

Ainda na sequência dos posts acima o recente artigo na revista Nature, de que abaixo se reproduz sucinto extracto: 

"If damaging tipping cascades can occur and a global tipping point cannot be ruled out, then this is an existential threat to civilization...In our view, the evidence from tipping points alone suggests that we are in a state of planetary emergency: both the risk and urgency of the situation are acute ...the intervention time left to prevent tipping could already have shrunk towards zero, whereas the reaction time to achieve net zero emissions is 30 years at best. Hence we might already have lost control of whether tipping happens"  https://www.nature.com/articles/d41586-019-03595-0

é de molde a inquietar até os mais calmos. Entendo como especialmente relevantes as projecções que lá se referem sobre a subida do mar, que justificam a meu ver fundadas criticas aos muitos milhões que todos os anos Portugal desperdiça a despejar areia em praias, tornados públicos no relatório da APA e já comentados aqui https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/09/incapacidade-de-antecipar-o-futuro-ou.html e que são uma forma quase criminosa de gastar o dinheiro dos impostos dos Portugueses, pois que a única opção que faz sentido seria utilizar esse dinheiro na demolição de todas as construções junto da linha de costa que irão ficar submersas nas próximas décadas.

 


O rebuçadinho do Secretário Galamba


https://observador.pt/2019/11/27/governo-promete-ate-50-dos-lucros-das-minas-para-projetos-que-beneficiem-populacoes-locais/

Há medida que crescem as resistências contra a exploração do lítio, o Secretário Galamba vai tentando adoçar a boca dos "resistentes". Agora diz que muito embora o lítio pertença a todos os Portugueses, que este Governo como é muito generoso vai "dar" até 50% do lucro do lítio aos concelhos onde o mesmo for explorado. 

Trata-se porém de uma oferta bastante escassa pois se forem inteligentes aquelas regiões devem exigir nada menos do que as mesmas condições de que  beneficia a Madeira, isto é, se 100% de toda a receita gerada na Madeira fica na Madeira, então também 100% da receita da exploração do lítio deve ficar nas regiões onde é extraído.  

Para que não fiquem asssim como aqueles desgraçados das Minas da Panasqueira que ficaram somente com alguns poucos empregos mal pagos em troca de uma contaminação permanente para todo o sempre https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/contaminacao-de-mina-excede-em-2000.html  


Will we ever see USA war criminals facing trial before the ICC ?



To ask that we must take into account what was written in the article above and also in the two emails below:


_______________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 30 de Junho de 2019 5:51
Assunto: "The Next 100 Years: A Forecast for the 21st Century"

In the book title above published 10 years ago, George Friedman explained that USA needs to keep a permanent destabilization action all over the globe especially in Eurasia and in the Middle East to avoid coalitions that may threaten USA world supremacy. Using his own words:

"USA has no interest in having peace...conflicts are needed to maintain power balance...in the XXI century...there will be new destabilization actions both in the Balkan Peninsula as well as in the Middle East" 

And that helps to understand why Mr. Trump is so eager to send some missiles and bombs over Iran (Persia). Also, let´s not forget that for USA a war is always an excellent opportunity to test new weapons and to show its live performance to potential buyers.




_______________________________________________________________________
De: F. Pacheco Torgal
Enviado: 12 de Julho de 2018 6:55
Assunto: For USA peace is just very bad business.

https://www.timeshighereducation.com/news/china-could-overtake-us-research-impact-mid-2020s

The link above shows that China could overtake US on research impact by the mid-2020s. But that´s not surprising. The 2018 European Innovation Scoreboard in the link https://ec.europa.eu/docsroom/documents/30281 showed that China is catching up very fast. 

Also Clarivate Analytics Top 100 Global innovators showed that Asia corporates are also growing very fast. https://clarivate.com/derwent/campaigns/derwent-top-100-global-innovators-2018-19-report/ 

But what i think is worrying for now is this piece https://www.businessinsider.com/volvos-british-design-chief-says-china-is-better-at-building-cars-than-europe--?r=nordic that has the potential to give the USA car industry a very hard time because right now they can´t even tackle German competition. 

But if USA wants to challenge Asia innovation rise it should be moving billions from the military budget to other more promising areas that could help Humanity like for instance renewable energy. Yes, we all know that discovering a cost-effective renewable energy source is difficult and it's much easier to keep on producing weapons something that Americans do so well. In fact a country that has so much military equipment to sell for sure has a lot of interest to force someone to buy it or instead to fuel some wars around the globe to create demand. So no doubt peace is very bad business for USA. 

Since at this very moment just three European countries already spent as much on military material as Russia (the so-called big menace) so why should Europe increase defense spending? Because Mr. Trump is threatening to leave Nato ? Really ? Its just sad that not even one of the European leaders that were in the Nato Summit had the courage to tell him what he needs to hear.

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

"the eighth wonder of the world...the final frontier..."


Sobre o artigo esta semana na revista Sábado acerca de jovens Portugueses que praticam surf com aspirações a tornarem-se profissionais, entendo pertinente recordar um post que escrevi em 2018 que menciona o desinteresse da academia Portuguesa sobre essa modalidade a favor da porcaria da bola (o tal desporto que alimenta o embrutecimento e a ignorância, o da corrupção de árbitros, da "fruta de dormir" e das claques criminosas e racistas):
"uma pesquisa na base Scopus para publicações dos últimos 10 anos com afiliação Portuguesa contendo o termo "soccer" no campo Titulo, retorna 332 publicações e com tendência crescente pois em 2008 e 2009 produziam-se menos de 20 por ano e agora produzem-se mais de 50/ano. Porém se o mesmo exercício for levado a cabo para a actividade acima mencionada o número desce para menos de vinte e porém já lá vão 7 anos desde que o tal McNamara colocou a Nazaré e Portugal no Guiness, o que parece indiciar que a comunidade científica Portuguesa continua obcecada com a bola e muito pouco interessada numa actividade desportiva muito mais limpa a vários níveis."

Esta situação é tanto mais estranha quando o nosso país para além da ligação histórica que tem com o mar possuir um dos maiores rácios (perímetro da linha de costa/área do país) e ser também possuidor daquilo que uma reportagem Australiana apelidou de "the eighth wonder of the world...the final frontier...
num video já visto por milhões de pessoas, https://www.youtube.com/watch?v=JkMWoHjnaRw  não se percebendo por isso quer o desinteresse da academia quer o facto de não se tentar incutir nas criancinhas o vicio do surf. 

ISCTE e Universidade do Porto em luta renhida com a universidade de Évora.

Desde a data do post no link acima o ISCTE decidiu partir para a guerra não aceitando que Évora arrecade já o título de campeã dos concursos "aconchegados" e acaba de atacar forte logo com a abertura de 15 concursos, internamente aconchegados, para vagas de Professor Associado que acabam de aparecer aqui https://www.fenprof.pt/SUPERIOR/?aba=37&mid=132&cat=90&doc=267 Também a Universidade do Porto, por via da sua Faculdade de Psicologia contra ataca com 8 concursos aconchegados que se somam aos 4 anteriores da área da Arquitectura. 

Curiosamente o ficheiro no link acima mostra também que a Universidade de Lisboa mandou colocar a concurso 5 vagas para lugares de Associado, mas porém sem ser do tipo "aconchegado" o que mostra que esta universidade reconhece assim que não dispõe de arsenal de aconchego para competir com o trio ISCTE, UPorto e UÉvora. O mesmo também sucedendo com a Universidade Nova que abriu 4 concursos (porém não aconchegados) para lugar de catedrático o que prova que também desistiu de lutar pelo título de uma competição que sem dúvida vai fazer maravilhas pela ciência Portuguesa     
https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/mais-evidencias-sobre-o-baixo-impacto.html


Mais evidências sobre o baixo impacto da ciência Portuguesa

https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/detectar-o-baixo-impacto-da-ciencia.html
Ainda na sequência do link acima visite-se no link abaixo o recente relatório de 102 páginas, 2019 Research Fronts by Clarivate Analytics, no mesmo são evidenciadas ao longo de dezenas de tabelas aqueles países mais competitivos nas áreas consideradas mais inovadoras, Portugal não aparece em nenhuma isto apesar de haver tabelas onde aparecem países como a República Checa, o Brasil, a Polónia, a Hungria ou a Sérvia. 
A própria Espanha aparece lá mencionada dezenas de vezes. 
https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/2019-research-fronts-by-clarivate.html



2019 Research Fronts by Clarivate Analytics

https://ec.europa.eu/jrc/communities/en/community/digitranscope/document/100-radical-innovation-breakthroughs-future

Still following on the report 100 Radical Innovation Breakthroughs for the future, link above. Check in the link below the 2019 Research Fronts by Clarivate Analytics. In the report, 137 key research fronts are identified out of 10 broad research areas, including 100 hot and 37 emerging topics. Research Fronts reflect the recent award-winning research highlighted by the Nobel committee in 2019
https://clarivate.com/news/clarivate-analytics-and-the-chinese-academy-of-sciences-release-annual-joint-report-to-identify-137-research-fronts/


quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Uma nova Rottweiler Portuguesa ?

Informa+ | Divulgação e partilha de informação na internet
Rottweiler attacks boy, 5, and girl, 7 | Sunshine Coast Daily

Com a devida vénia reproduzo abaixo um excerto de um post da Joana Amaral Dias no Facebook, cuja ferocidade é tal que parece que quer roubar o título de Rottweiler à Ana Gomes:
"...em breve, mais mil milhões (no mínimo) para o Montepio....Tudo graças ao delinquente financeiro Tomás Correia ...que quando esteve à frente do banco fez dele um albergue de patifes... Depois, este banqueiro avantesma que declarou não conseguir sobreviver com 60 mil euros mensais...Agora, ou os seus associados aumentam as suas contribuições, assumem um corte nos benefícios, ou vem a dita intervenção do Estado...e os ratos já começaram a abandonar o navio...No mercado é que não vão financiar-se de certeza posto que os investidores que emprestaram 500 milhões ao BCP a 3,8%, não arriscaram 150 milhões no Montepio, a 10,5%..." 

Infografia interativa que cruza IRS e carros de luxo por concelho

https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/a-riqueza-escondida-nos-concelhos-mais.html

Ainda sobre o bizarro conteúdo do post no link acima o Expresso resolveu tornar pública a infografia que lá se comentou https://expresso.pt/economia/2019-11-27-Concelhos-pobres-carros-de-rico-veja-a-infografia-interativa-que-cruza-rendimento-e-parque-automovel-por-regiao

Tendo em conta porém que um carro de luxo é efectivamente utilizado pelos seus donos durante um número muito reduzido de horas diárias, talvez eles optem por fazer o que fazem certos rappers dos EUA, que também começaram pelas viaturas de luxo mas entretanto decidiram-se por algo que anda permanente com eles, como aquele adereço que aparece na figura abaixo, que permite um sorriso brilhante e que também permite resolver o drama nacional de que se fala aqui https://www.dn.pt/edicao-do-dia/20-ago-2019/portugueses-sao-dos-mais-desdentados-da-europa-e-isso-afeta-o-bem-estar-11219970.html pela módica quantia de 15 milhões de dólares, embora como é evidente haja outros adereços similares, é certo que não tão brilhantes, mas por quantias bastante mais adaptadas às bolsas dos Portugueses a rondar 250.000 dólares, 



Yes it's a dirty job, but some researcher has to do it

https://scienceblog.cancerresearchuk.org/2019/11/28/detecting-cancer-early-looking-for-cancer-clues-in-poo/

and that may help to understand why i wrote that even a mere sanitation worker has more value to Humanity than Ronaldo, Myke Tyson or any other sport star
https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/world-toilet-day.html

Advogados Brasileiros já representam 10% dos inscritos na secção de Lisboa da Ordem dos Advogados

"O Brasil tem hoje mais de um milhão de advogados, um número considerado “nada razoável” por José Horácio Ribeiro, que admite que a formação dos juristas no seu país “não tem, infelizmente”, uma qualidade equivalente à das faculdades portuguesas. No entanto, a regra da reciprocidade inscrita no estatuto da OA permite que qualquer advogado inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil possa inscrever-se na congénere portuguesa, sem necessidade de estágio nem de exame de acesso. José Horácio Ribeiro receia que essa situação possa fazer descer o nível de qualidade da advocacia comum entre os dois países"
https://www.publico.pt/2019/11/27/sociedade/noticia/advogados-brasileiros-podem-mudar-resultado-eleicoes-bastonario-1895136

Devemos estar muito gratos pelas declarações acima daquele que é uma espécie de bastonário dos advogados no Brasil, pois na sua honestidade nem se deu conta que a famosa regra da reciprocidade coloca em xeque as competências da A3ES em Portugal, cuja missão consiste em: "garantir a qualidade do ensino superior em Portugal, através da avaliação e acreditação das instituições de ensino superior e dos seus ciclos de estudos, bem como no desempenho das funções inerentes à inserção de Portugal no sistema europeu de garantia da qualidade do ensino superior"

Por isso se a A3ES foi criada para impedir que haja universidades (e outras instituições de ensino superior) como as famosas Moderna e Independente, de atribuírem (leia-se darem) diplomas de baixa qualidade assim "enganando" (leia-se venderem gato por lebre) os empregadores em particular e os Portugueses em geral, quanto ao valor dos mesmos é paradoxal que a Ordem dos Advogados, somente para conseguir entrar no Brasil tenha colocado nos seus estatutos uma regra que permite que agora haja advogados brasileiros a trabalhar em Portugal que tiveram uma formação académica de baixa qualidade e cujo conhecimento sobre o sistema jurídico Português é inferior ao conhecimento de um aluno no 2º ano de um curso de Direito. Tenha-se presente que hoje no Público uma noticia dá conta que até mesmo os juízes Portugueses (que note-se possuem uma formação jurídica muito acima da média) reconhecem que necessitam de assessores 

https://www.publico.pt/2019/11/28/sociedade/noticia/ha-95-juizes-dizer-necessitam-apoio-assessores-1895392 para ajudar a pesquisar legislação e decisões de tribunais superiores. A parte irónica é que seja um advogado brasileiro a avisar-nos das consequências dessa regra absurda. 

Acresce que se uma tal regra de reciprocidade, até se pode admitir nalgumas Ordens é porém inadmissível que exista na Ordem dos Advogados. Se é evidente que a medicina para curar um doente é a mesma em Portugal e no Brasil, ou que a psicologia para tratar pacientes em ambos os países será bastante similar e é também é evidente que a engenharia para fazer uma casa é quase a mesma em Portugal ou no Brasil já as leis que se utilizam em Portugal são bastante diferentes daquelas que se utilizam no Brasil pelo que não se compreende que haja advogados Brasileiros a exercer em Portugal (e advogados Portugueses a exercer no Brasil) sem antes terem feito um exame que prove que conhecem a legislação dos dois países, porque é isso que sucede nos Estados Unidos quando por exemplo um advogado que exerce em Nova York quer ir exercer para a Califórnia só o poderá fazer se conseguir passar com aproveitamento no exame que terá que realizar na "Ordem dos Advogados" da Califórnia. 

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

A minha homenagem ao Sr.Jorge Jesus

https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/celebrar-quem-efectivamente-o-merece-no.html
https://forum.bolseiros.org/viewtopic.php?f=8&t=9150&p=43018&hilit=Jo%C3%A3o+F%C3%A9lix#p43018
https://forum.bolseiros.org/viewtopic.php?f=8&t=8390&p=41930&hilit=religi%C3%A3o+governo+torto#p41930
https://forum.bolseiros.org/viewtopic.php?f=8&t=8010&p=41097&hilit=parasitas+na%C3%A7%C3%A3o#p41097

Depois daquilo que já tinha escrito nos quatro posts acessíveis nos links acima, a minha homenagem ao Sr.Jorge Jesus (que qualquer dia receberá por certo alguma Comenda das mãos do Presidente da República, não por via de ter descoberto a cura para o cancro, ou uma fonte de energia limpa nem sequer por conta de algum inovador método de reciclagem de resíduos de plástico, mas apenas porque ganhou duas taças no tal desporto que o pai da Constituição apelidou de "instrumento de deseducação e de alienação) segue na citação abaixo. 

O Sr. Eric Arthur Blair (AKA George Orwell) era de facto dado a estranhas premonições pois no tempo da vida dele ainda nem sequer tinham surgido, em todo o seu esplendor, os fanáticos do futebol que viriam a provocar dezenas de mortos em Heysel, 35 anos após o seu falecimento. Coincidentemente uma recente e interessante tese de doutoramento, defendida na Universidade de Cambridge, alinha pelas mesmas palavras do Sr. Blair, com o sugestivo título "Warfare by Other Means: The Rhetoric of War and Sport in the Twentieth Century" https://www.repository.cam.ac.uk/handle/1810/289758


E já agora fica a pergunta, que utilidade terão todas as taças ganhas por todos os heróis da bola deste país no contexto abaixo ?

“Let’s get this on the table right away, without mincing words. With regard to the climate crisis, yes, it’s time to panic”
Pierrehumbert, R., 2019. There is no Plan B for dealing with the climate crisis. Bulletin of the Atomic Scientists, pp.1-7.

"in the face of an inevitable near term social collapse due to climate change."
https://ec.europa.eu/digital-single-market/en/news/climate-change-resilience-uncivilisation-rebellion-and-technology

"shattering collapse of civilisation is a near certainty"
https://ccb.stanford.edu/paul-r-ehrlich

“Water availability had decreased sharply in the lower-latitude dry tropics and subtropics, affecting almost two billion people worldwide. Agriculture had become nonviable in the dry subtropics. The Sahara had jumped the Mediterranean, and Europeans began a long trek north…Aridification had emerged over more than 30 percent of the world’s land surface…Most regions in the world had seen a significant drop in food production...In acidifying, warmer, and oxygen-depleted oceans, fish stocks had crashed. The lower reaches of the agriculturally important river deltas such as the Mekong, Ganges, and Nile had become inundated, and significant sectors of some of the world’s most populous cities – including Kolkata, Mumbai, Jakarta, Guangzhou, Tianjin, Hong Kong, Ho Chi Minh City, Shanghai, Lagos, Bangkok, and Miami – were abandoned…Pandemics had occurred, as the infectious diseases once identified as “tropical” spread poleward with the heat and humidity.





“Esquecer que o animal tem sentimentos” é crucial


https://www.publico.pt/2019/11/25/p3/noticia/como-e-trabalhar-num-matadouro-esquecer-que-o-animal-tem-sentimentos-e-crucial-1894419

Sobre o artigo do jornal Público, acessível no link acima, de onde acho importante reproduzir um pequeno mas bastante esclarecedor texto: 
"...conseguem identificar nos animais prestes a abater sinais de desconforto e desespero, como “choro” e “berros” no caso dos bovinos e suínos, respectivamente – “prova de que estes sabem o que lhes vai acontecer”
recordo que durante a anterior legislatura, mais precisamente em Março de 2018, critiquei os deputados por terem votado contra a colocação de câmaras nos matadouros, as quais são usuais lá fora, servindo como factor inibidor de más práticas incluindo até mesmo de práticas sádicas, pois como é evidente há sádicos em todos os sectores de actividade, até porque essa é uma característica fundamental que distingue a espécie humana das restantes espécies do reino animal https://www.publico.pt/2013/09/18/jornal/experiencias-crueis-de-psicologia-revelam-que-os-sadicos-estao-entre-nos-27105281  

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Nature___“This is exactly what we need in science.”



The title of this post is the last phrase in the recent article published on Nature just a few days ago https://www.nature.com/articles/d41586-019-03572-7

The authorship of the phrase belongs to a Professor of Zurich University and concerns the fact that lottery grants can bring some humility to academia that is addicted to hubris
“If you know you have got a grant…which is selected partly randomly then you will know very well you are not the king of the Universe, which makes you more humble…This is exactly what we need in science.”
The article also mentions that the "Swiss National Science Foundation" is the latest funder to experiment with random selection. 

P.S - In March of 2018 i suggested that even the selection of professors should be done using a three-step lottery:
"External experts select 4 candidates of the initial pool, the internal committee rejects 2 and then the lottery decides the winner between the remaining two candidates !"
https://forum.bolseiros.org/viewtopic.php?f=8&t=7853&p=40794&hilit=lottery#p40794

Pagar mais de 1 milhão de euros por um canil


Parece que há por aí quem tenha muito dinheiro e em vez de fazerem o que fez o Dr. Sócrates que consegue estourar essa quantia enquanto o diabo esfrega um olho (200.000 só para comprar milhares de exemplares do próprio livro,  sendo que o mesmo Senhor até disse recentemente ao juiz Ivo Rosa  que é absolutamente usual qualquer pessoa deste país levar 10.000 euros em notas para gastar durante as férias https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/quem-e-que-tem-medo-de-levar-10-mil-euros-em-notas-para-ferias) houve no Algarve quem em vez de gastar os seus portentosos cabedais na compra de um Bentley ou de um Ferrari, como estes pobres de espírito aqui https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/a-riqueza-escondida-nos-concelhos-mais.html achasse preferível empregar essa elevada quantia, superior a um milhão de euros, na construção de um canil, que neste momento alberga mais de 150 cães.  

Infelizmente o mesmo foi construído em terrenos classificados como Reserva Ecológica Nacional, que é aquela classificação que tem um elevadíssimo valor (relativo) como se deu conta aqui https://observador.pt/2016/12/17/reserva-ecologica-nacional-foi-escandalosamente-reduzida-em-alcacer-e-grandola/ 

A câmara municipal lá da zona, Loulé, diz que o Sr. de nacionalidade inglesa, tem de demolir o canil, e depressa que em Loulé gostam de fazer cumprir a lei com a máxima rapidez possível. Já eu espero que ele cumpra a ordem com a mesma rapidez com que o Comendador Berardo recebeu ordem para demolir uma casa de banho, que passados 12 anos ainda continua a usar o famoso WC, cuja fama até já chegou ao conhecimento do Tribunal Constitucional que parece não ter temas mais graves para tratar 

Estranho seria que a grande coragem para "defender" o ambiente, via REN, surgisse apenas contra um criminoso canil, quando relativamente aos verdadeiros atentados ambientais que se levam a efeito neste país como por exemplo este aqui  

 

“É preciso ser rebelde para se ser um cientista criativo”


https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/harvard-business-reviewreasons-why.html

Sobre o post acima afigura-se como uma interessante coincidência as palavras do cientista Carlo Rovelli reproduzidas na entrevista do jornal Público.  Faz por isso sentido a pergunta, será que fraca qualidade da ciência Portuguesa referida pelo Carlos Fiolhais e que foi mencionada aquise fica a dever a baixos níveis de rebeldia dos cientistas Portugueses ? 

Por outro lado e como é evidente um sistema, que como se deu conta aqui promove a subserviência muito dificilmente conseguirá fomentar a rebeldia. Relembre-se que durante o anterior mandato, mais concretamente em Abril de 2017, o próprio MCTES chegou a dizer que os investigadores não se queixavam o suficiente (leia-se eram amorfos). 

P.S - Parte interessante da entrevista do cientista Carlo Rovelli é quando fala daquilo que se comentou aqui 
https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/fighting-to-save-science-from-itself.html

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

A "riqueza" escondida nos concelhos mais pobres de Portugal


https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/ninguem-consegue-parar-os-psicopatas.html

Ainda sobre os psicopatas do volante comentados no post acessível no link acima é importante destacar o muito interessante artigo publicado no sábado passado na secção de economia do Expresso, que é o tipo de investigação a que os jornalistas se deviam dedicar com mais frequência, que mostra que são os concelhos mais pobres de Portugal que mais compram automóveis topo de gama. Sendo a esmagadora maioria desses concelhos pertencente aos distritos de Vila Real e da Guarda ! 

O artigo mostra que o concelho de Felgueiras é o 9º concelho do país com mais Ferraris por habitante e também o concelho onde existem mais veículos das marcas Porsche e Jaguar por cada milhão de IRS pago. Os concelhos que se seguem a Felgueiras como possuindo maior percentagem de viaturas de topo de gama (em termos de percentagem do parque automóvel) são, Miranda do Douro, Montalegre e Pinhel ! 

"Dos 140 concelhos com menos riqueza per capita no país, 63 estão na primeira liga em termos carros L&P (Luxo e Premium) por habitante"

Obs - O artigo em causa informa que, o segmento luxo inclui as marcas Maserati, Lamborghini, Bentley, Ferrari, Jaguar, Porsche e Aston Martin. Também que a Autoridade Tributária forneceu ao Expresso os rendimentos de IRS por concelho e a informação sobre o tipo de carros por concelho foi facultada ao Expresso pelo Instituto dos Registos e Notariado.

  

A infalível (e vergonhosa) receita para "educar para o sucesso" e a ética de certos médicos



A capa da revista Visão desta semana, leva a foto de três elementos de uma família, que alegadamente conhece o segredo da educação para o sucesso. Ironicamente um desses elementos é uma "atriz", mais uma das muitas manequins que acham que nasceram com um talento natural para a representação (tendo sido "ajudada" nessa farsa por quem vive de explorar o culto da imagem em detrimento da substância, pouco se importando que isso contribua para a alienação e até embrutecimento do país) e um outro irmão da mesma, também educado para ser um grande sucesso, que revela o artigo é "administrador de uma empresa de investimentos" como se "empresa de investimentos" fosse nome de coisa recomendável, pois quando se googla essa nomeação aquilo que logo se destaca à cabeça é a famosa BlackRock que alguém apelidou de "biggest driver of climate destruction on the planet" e que na Alemanha foi noticia pela visita que recebeu da policia https://www.dw.com/en/german-police-raid-blackrock-offices/a-46182751

Esta doença do sucesso é apenas uma moda salazarenta que voltou novamente a atacar o sistema educativo com os seus funestos quadros de honra e excelência
https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/escolas-portuguesasos-mafiosos-e.html
porém a qualidade do projecto e a pedagogia dos referidos colégios de sucesso valem muito muito pouco quando os alunos não provém de estratos economicamente muito favorecidos, como se constatou relativamente a um conhecido colégio da capital. 

A referida moda convém não esquecer está directamente ligada à pouca vergonha que ocorre em muitos dos referidos colégios, onde existe uma receita muito pouco ética para conseguir enviar alunos para o curso de medicina (sendo pertinente questionar, que ética terá um médico que sabe que só conseguiu ingressar no curso de medicina por conta de um tal esquema, assim "roubando" esse lugar a quem legitimamente o merecia?que foi comentada em emails posteriormente colocados no link abaixo onde se defende inclusive que duas carreiras públicas (juízes e Ministério Público) deviam ser de acesso proibido aos alunos desses colégios

Mas talvez a melhor prova do que (não) vale o referido artigo da revista Visão seja dada pelo facto do mesmo anteceder uma entrevista daquela sonsa, que como muitos da sua clique, tem-se revelado um grande sucesso a conseguirem ser sustentados pelos impostos dos Portugueses décadas a fio e que há poucos dias foi comentada por péssimas razões aqui https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/a-sonsa-censora-que-anda-ha-mais-de-20.html São dois artigos gémeos, por patéticos, estão por isso bem um para o outro. 

domingo, 24 de novembro de 2019

Agregação fulgurante

O número de visualizações do post sobre a Agregação grangeou-lhe uma entrada fulgurante no Top 10 dos 115 posts publicados nos últimos 30 dias. Abaixo apenas os links para os 5 posts mais visualizados nos últimos 30 dias:




Bill Gates_forgetfulness or ignorance ?

https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/bill-gates-is-funding-startups-in-field.html

Still on the post in the link above it seems that Bill Gates advisors forgot to tell him about the important role of waste recycling by the construction industry 

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2213305419300402#fig0010

According to a report by the European Commission the construction and demolition waste recycling market in Europe is projected to grow to around EUR 18 billion by 2020
https://www.elsevier.com/books/advances-in-construction-and-demolition-waste-recycling/pacheco-torgal/978-0-12-819055-5  

It seems they also forgot (or ignore) the crucial contribution of pavements for the sustainability of the Planet 
https://www.elsevier.com/books/eco-efficient-pavement-construction-materials/pacheco-torgal/978-0-12-818981-8


Quais as Ordens Profissionais que vivem sob o signo da impunidade ?

https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/10/a-mafia-da-medicina.html

Ainda na sequência dos posts nos links acima, é positivo constatar que a imprensa finalmente se meteu ao caminho para investigar como comparam as diferentes Ordens Profissionais em termos de matéria disciplinar, abaixo alguns rácios que se retiram da referida reportagem:

Resta porém perguntar e onde estão os números relativos aos processos das restantes Ordens Profissionais, incluindo da Ordem dos Médicos e da Ordem dos Advogados, onde há milhares de processos disciplinares ? Estarão sob segredo de Estado ou será que essas Ordens tem vergonha de divulgar esses números ? 

PS - Um artigo no jornal Público de 2018 permite ter uma ideia do descalabro que vai na Ordem dos Médicos https://www.publico.pt/2018/08/13/sociedade/noticia/quase-dois-mil-processos-contra-medicos-a-espera-de-resolucao-1840776

Harvard Business Review__Reasons Why Higher Education Needs to Be Disrupted


"Success in the future won’t be defined by a degree, but by potential and the ability to learn, apply, and adapt" https://hbr.org/2019/11/6-reasons-why-higher-education-needs-to-be-disrupted

Says who ?  The Chief Talent Scientist at ManpowerGroup, professor of business psychology at University College London and at Columbia University, associate at Harvard’s Entrepreneurial Finance Lab and also the President of the ManpowerGroup North ? 

Its not very convincing to hear the foxes explaining what is the best strategy to guard the henhouse. In my view and in what concerns the status quo with need less adaptation and more confrontation. See for instance the 2018 piece below: 
"to form students as specialized workers instead of passionate critical citizens that are needed to save Democracy from its enemies namely the Facebook massive brainwashing experiment. And the best proof that universities in Western countries failed their mission by becoming just tools in the capitalist production, apparatus is the simple fact that no country ruled by dictatorship fears to send their students to those universities because they know that they will not risk being infected by any kind of freedom of thought virus !"

Also the "adaptation" narrative does not go hand in hand with the one in here https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/09/the-responsibility-of-intellectuals-to.html 

And last but not least let´s not forget this: “scientists should join civil disobedience movements to fight these unprecedented crises.”

sábado, 23 de novembro de 2019

Detectar o baixo impacto da ciência Portuguesa

https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/carlos-fiolhaisa-fraca-qualidade-da.html

Ainda sobre o baixo impacto da ciência Portuguesa, referido no tal estudo que cobre os últimos 30 anos da mesma, link acima, onde é referido inclusive que o impacto da ciência Portuguesa é inferior ao da própria Grécia, convém dizer que para se chegar a essa conclusão não era preciso nenhum estudo muito exaustivo, basta comparar os rácios de Portugal, Grécia e da Suiça abaixo relativamente ao tal estudo já referido aqui  https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/universidade-do-portolsre-lcm.html

Rácio (Scopus Highly Cited Scientist - SHCS/million people)
Suiça.............220
Grécia.............28
Portugal..........18

Já se se pretender uma análise mais fina desse rácio, a mesma pode encontrar-se na lista abaixo que mostra que apenas 6 universidades Portuguesas conseguem ultrapassar um miserável valor de 1% e onde várias universidades Portuguesas nem sequer conseguem qualquer pontuação e mesmo a universidade Portuguesa com o melhor desempenho fica a longa distância da Suiça EPFL

Rácio (Scopus Highly Cited Scientist - SHCS/docente ETI)
UPorto..................3.0% (o EPFL tem um rácio de 53%)
ULisboa.................2.7%
U.Aveiro................2.1%
UALG...................1.8%
UCoimbra.............1.7%
UMinho.................1.2%
UNova...................0.9%
Pol. Bragança.......0.8%
UBI........................0.3%
UTAD....................0.2%
Pol. Porto..............0.2%
UEvora....................0
UMadeira................0
UAçores..................0
UAberta...................0
ISCTE.....................0




Ascenção meteórica


https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/professores-e-director-de-uma-faculdade.html

O recente post acima acaba de destronar do primeiro lugar do Top 10 o post sobre o André Ventura que lá se conseguiu manter durante várias semanas
https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/top-10-posts-com-mais-visualizacoes.html

German science has a huge hubris problem

Still following on the post in the link above its worth mentioning that is somehow ironic that the idea of private integrity inspectors was born in Germany the same country that generate misconduct “champions” like Joachim Boldt and DiederikStapel. Probably German scientists should spend more time curating science rather than being obsessed with childish dreams of entering a Science Valhalla. 

Country..........Ratio (Top reviewers/million population)
Portugal...........58
Denmark..........28
Switzerland......25
Sweden............23
Italy..................21
Norway............20
Finland............18
UK...................18
Germany..........10