sábado, 31 de julho de 2021

Um contributo para que os candidatos ao ensino superior não sejam enganados pelos rankings da treta

 


Na sequência do post de Agosto do ano passado onde era sugerido aos alunos que estavam indecisos sobre o curso e a instituição de ensino superior a escolher, que antes de o fazerem que ao menos consultassem o ranking Shanghai por áreas de 2020, para assim evitarem ser enganados por rankings da treta que a imprensa tanto adora https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/03/o-expresso-ao-servico-de-um-ranking-fake.html e a que infelizmente muitas instituições recorrem para esconderem a sua baixa classificação no ranking Shanghai, o único ranking a nível mundial que utiliza o número de prémios Nobel como um dos critérios de ordenação, pelo presente se divulga a tabela (no link abaixo) que compara para as 16 instituições de ensino superior nacionais, que figuram no ranking Shanghai 2021 por áreas, o desempenho de cada uma delas em 54 áreas https://www.docdroid.net/brboCEk/2021-shanghai-ranking-docx 


Departamentos de Engenharia civil das Universidades de Lisboa e de Coimbra renderam-se finalmente aos materiais ligantes activados alcalinamente

 


Ainda na sequência do post acima e tendo em conta que o livro indexado mais citado de sempre da Engenharia Civil em Portugal é um livro sobre ligantes activados alcalinamente, 
faz sentido perceber, ainda que de forma resumida, como evoluiu em números esta linha de investigação, desde que em 2004 foi defendida na Universidade do Minho a primeira tese de doutoramento sobre esses materiais, por parte de um então docente da UTAD, Teixeira Pinto, tese essa que foi Orientada pelo professor Said Jalali, que se aposentou em 2010. 

Uma pesquisa na base Scopus pelos termos "alkali-activated" ou "geopolymer" no título, resumo ou palavras-chave revela que a primeira publicação indexada com afiliação Portuguesa é de 2006 e desde essa data o total já atinge 212 publicações. Constata-se também que somente no ano de 2015 as publicações indexadas sobre esses materiais ultrapassaram a dezena em termos anuais e desde 2017 já se produzem três dezenas a cada ano, o que mostra que esta linha de investigação já ganhou raízes neste país.

A figura acima mostra a evolução da produção científica acumulada, para os departamentos de engenharia civil das diferentes universidades. A engenharia civil da universidade do Minho lidera destacada, com uma produção muito superior à dos outros departamentos de engenharia civil. Segue-se depois a UTAD, a UBI, a Universidade do Porto e por fim a Universidade de Lisboa e a Universidade de Coimbra, ambas ainda com um número incipiente de publicações. Note-se que o "segundo lugar" da Universidade de Aveiro não pertence a investigadores de engenharia civil, que curiosamente ainda não se interessaram pelo tema (o mesmo sucedendo com os investigadores de engenharia civil da UNova), mas  sim de uma unidade de investigação do Departamento de Engenharia de Materiais e Cerâmica.

PS - Os dois primeiros lugares do pódio, dos investigadores de engenharia civil, com mais publicações sobre estes materiais, é ocupado pelos investigadores Pacheco Torgal e Nuno Cristelo. Se porém a análise incluir também a produção dos investigadores do Departamento de Engenharia de Materiais e Cerâmica da Universidade de Aveiro, então o pódio nacional passa a ser ocupado por J. Labrincha e Pacheco Torgal. 

sexta-feira, 30 de julho de 2021

FCT - Incompetência ou ignorância ?



Ainda na sequência do post acima e tendo em conta a lista com o nome dos revisores estrangeiros convidados pela FCT, segue abaixo a lista das subáreas a que pertencem os referidos revisores, que avaliaram as candidaturas dos projectos de investigação da área científica da engenharia civil. 

Estruturas..................................6 revisores estrangeiros
Hidráulica..................................5
Geotecnia..................................4
Planeamento e Transportes......3
Materiais de Construção...........2
Construções..............................1

Porque será que tanto na Call de 2021 como na Call de 2020 houve sempre uma maioria de revisores da subárea de Estruturas e apenas um único revisor da subárea das Construções ? Aliás em 2021 essa maioria até foi reforçada, tendo passado de 5 para 6 revisores de Estruturas. E porque é que o número de revisores de Hidráulica aumentaram de 1 para 5 se o número de candidaturas de Hidráulica foi inferior ao número de candidaturas da área das Construções ? E não sendo possível admitir que o único revisor da subárea das Construções analisou as dezenas de candidaturas dessa subárea então quantas dessas foram avaliadas por revisores de Estruturas, de Hidráulica ou de Geotecnia ?

E porque será que a FCT teima em não convidar os revisores em função do numero de candidaturas recebidas em cada subárea ? Será Incompetência ou ignorância ?

PS - E será que as incompetentes (ou ignorantes) decisões da FCT só ocorrem relativamente à área da engenharia civil ou também ocorrem noutras áreas científicas ? 


quinta-feira, 29 de julho de 2021

FCT divulga resultados do concurso de projectos científicos de 2021



https://www.fct.pt/noticias/index.phtml.pt?id=694&/2021/7/Resultados_do_Concurso_de_Projetos_IC&DT_e

A FCT acaba de revelar os resultados do concurso de projectos de investigação. Vide noticia no link acima que informa que das várias milhares de candidaturas submetidas apenas 246 serão financiadas. Ou seja mais de 90% das candidaturas constituíram apenas trabalho que não ajudou este país em rigorosamente nada. Várias centenas de milhares de horas de trabalho deitado para o lixo.

Mas enquanto que a taxa de sucesso dos projectos de investigação foi inferior a 9% (apenas 6% se forem contabilizadas todas as candidaturas) já os projectos exploratórios (PeX) tiveram uma taxa de sucesso de quase 60%. Qual será afinal a magna razão científica que justifica uma discrepância tão elevada ?

Neste momento ainda não é possível saber quem foram os revisores estrangeiros que avaliaram as candidaturas, para assim se poder descartar (ou não) a hipótese de ter havido peritos de oftalmologia a avaliar candidaturas de epidemiologia ou peritos de transportes a avaliar candidaturas de materiais de construção como sucedeu na última Call de projectos de investigação https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/11/a-incompetencia-da-fctfaz-algum-sentido.html

PS - Sobre o baixo orçamento alocado aos projectos de investigação que é responsável por taxas de financiamento inferiores a 10% convém recordar a acusação feita no ano passado por uma conhecida professora da Universidade Nova https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/11/a-professora-mais-corajosa-da-unova.html

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Research Policy: Firms with female chief technology officers (CTOs) are more innovative than firms with male CTOs

 

https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/10/replacing-founder-ceo-by-professional.html

Still following the paper mentioned in the post above see in the link below a paper accepted in the journal Research Policy that was put online on July 24 showing that firms with female CTOs are more innovative (as captured by both patent counts and patent citations) than firms with male CTOs. https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S004873332100127X


terça-feira, 27 de julho de 2021

Peer Review One Thousand Club: Finland and Spain among the 11 countries that are absent from the club

  

https://pacheco-torgal.blogspot.com/2021/02/peer-review-may-2020-to-february-2021_28.html

Still following the post above check below a new list of European countries ranked by the ratio number of reviewers that have more than one thousand confirmed reviews in indexed journals per million people.

1-Portugal...........................0.50 
2-Lithuania..........................0.36
3-Denmark..........................0.34
4-Sweden............................0.30
5-Switzerland......................0.24
6-Austria…………..………..0.22
7-Norway………….…....….0.19
8-Czech Rep......................0.19
9-Italy..................................0.12
10-Hungary.........................0.10
11-Belgium…………....…....0.09
12-Netherlands……….……0.06
13-UK..................................0.05
14-Romania........................0.05
15-Poland…………………..0.03
16-France…………………..0.01
17-Germany………..….......0.01
18-Cyprus...........................0.00
19-Malta..............................0.00
20-Spain………………...….0.00
21-Finland...........................0.00
22-Croatia...........................0.00
23-Luxembourg...................0.00
24-Estonia..........................0.00
25-Iceland...........................0.00
26-Serbia.............................0.00
27-Bulgaria..........................0.00
28-Latvia..............................0.00

Universidades de Coimbra e de Aveiro longe de terem representantes no Clube Mil

 

https://pacheco-torgal.blogspot.com/2021/02/peer-review-may-2020-to-february-2021_28.html

Ainda na sequência do post acima segue abaixo a mesma lista de países mas desta vez ordenados pelo rácio número de revisores integrantes do Clube Mil (mais de mil revisões de artigos) de revistas indexadas na Web of Science por milhão de habitantes.

País                                    Rácio

1-Portugal...........................0.50 
2-Lithuania..........................0.36
3-Denmark..........................0.34
4-Sweden............................0.30
5-Switzerland......................0.24
6-Austria…………..………..0.22
7-Norway………….…....….0.19
8-Czech Rep......................0.19
9-Italy..................................0.12
10-Hungary.........................0.10
11-Belgium…………....…....0.09
12-Netherlands……….……0.06
13-UK..................................0.05
14-Romania........................0.05
15-Poland…………………..0.03
16-France…………………..0.01
17-Germany………..….......0.01
18-Cyprus...........................0.00
19-Malta..............................0.00
20-Spain………………...….0.00
21-Finland...........................0.00
22-Croatia...........................0.00
23-Luxembourg...................0.00
24-Estonia..........................0.00
25-Iceland...........................0.00
26-Serbia.............................0.00
27-Bulgaria..........................0.00
28-Latvia..............................0.00

PS - Neste momento os 5 investigadores nacionais integrantes do Clube Mil pertencem à UALG, à Universidade de Lisboa, à Universidade Nova, à Universidade do Minho e à Universidade do Porto. Quatro deles pertencem à área da Engenharia e um é da área da medicina. As universidades de Coimbra e de Aveiro tão cedo não terão representantes no Clube Mil pois os seus investigadores mais prolificos em termos de revisões, Rodrigo Cunha e Telma Rocha-Santos ainda nem atingiram meio milhar de revisões. A UTAD é a universidade que está mais próxima de entrar no referido clube por conta do desempenho do Paulo Favas


segunda-feira, 26 de julho de 2021

INSUPORTÁVEL IMPUNIDADE


A justiça deste país já tinha deixado os Portugueses estupefactos por conta da genial decisão do não menos genial juiz Rosa que conseguiu a proeza jurídica de passar uma esponja por uma dezenas de crimes de que estava acusado o Sr. José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa, eis que agora se acaba de saber que a mesma justiça, que de forma muito simpática também já tinha autorizado que o Sr. Ricardo Salgado não tivesse que suportar a maçada de estar presente no seu próprio julgamento, também achou boa ideia autorizar que o ex-aristocrata da banca pudesse ir passar umas ricas férias para uma ilha da Itália. https://www.publico.pt/2021/07/26/sociedade/noticia/dispensado-ir-tribunal-salgado-passa-ferias-sardenha-1971801

Será que aqueles muitos Portugueses que foram lesados pelo sr. Salgado compreenderão esta bizarra generosidade da justiça Portuguesa ? No passado mês de Maio o Director da revista Sábado escreveu sem papas na língua ou na caneta, que a impunidade desta "casta medíocre e criminosa" não é suportável será que isso significa que ele quis dessa forma dizer que é de alguma forma compreensível que algum Português mais desesperado faça o que fez (com a ajuda de uma pistola) aquele imigrante que perdeu tudo na falência fraudulenta da Caixa Económica Faielense e a quem a justiça obrigou a esperar quase 20 anos por uma decisão

Aditamento em 29 de Julho - Informa hoje a imprensa que os advogados do Sr. Salgado informaram o tribunal que aquele pobre coitadinho evidencia "desgaste emocional, físico e psicológico". Por acaso os referidos (e muito hipócritas) advogados fazem uma pequena ideia do desgaste  emocional, físico e psicológico que há vários anos sofrem os Portugueses que foram lesados pelo Dr. Salgado e que ao contrário dele, não podem dar-se ao luxo de ir passar férias ao estrangeiro ?

Revelada finalmente a grande mistificação da "superior" inovação Portuguesa



Em vários post anteriores (llinks acima) denunciei o embuste de Portugal alegadamente se tornado um país altamente inovador no contexto Europeu, é por isso sem qualquer surpresa que vejo hoje o jornal Público a dar conta disso mesmo na página 23, em artigo onde logo a abrir se pode ler:

E que dirão agora aqueles catedráticos que acreditaram na referida mistificação e os quais comentei no post abaixo, será que são ao menos capazes de reconhecer a sua pouco rigorosa credulidade ? https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/07/manifesto-de-cientistas-e-empresarios.html

O campeão europeu da inovação é sem qualquer surpresa a Suécia, o país que gasta em investigação por habitante 500% a mais do que Portugal, que prefere antes gastar milhares de milhões em corrupção.  https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/08/despesa-em-investigacaoa-realidade-as.html

PS - A Suécia é também aquele país onde os deputados andam de transportes públicos,
https://observador.pt/especiais/se-um-politico-sueco-e-apanhado-a-andar-de-taxi-vira-manchete-de-jornal/  e onde os Ministros não precisam de circular (de forma criminosa) a 200 km/hora como sucede em Portugal. E não consta que na Suécia tenham tido falta de politicos por conta dessas "limitações". 


domingo, 25 de julho de 2021

Epikhairekakia

 

https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/11/miguel-sousa-tavares-volta-acertar-no.html

A palavra que dá título a este post já tinha sido mencionada neste blog no final do post acima. Nessa altura escrevi que era importante não confundir psicopatia com Epikhairekakia (schadenfreude), porém uma pesquisa no Scholar Google devolve um artigo publicado na revista  Personality and Individual Differences onde se pode ler que poderão estar ligados: 
"psychopathy consistently has been related to sadism (e.g., Porter et al., 2003, Woodworth et al., 2013). Given the profound trait empathy deficit associated with psychopathy and required for the state of schadenfreude, it is possible that they also may be linked"

Tendo em conta o que acima se escreveu será que o comportamento noticiado hoje aqui é um caso de psicopatia? 

E como se poderá classificar o comportamento daquela juventude da linha de Cascais e arredores, recentemente noticiado pela imprensa ? https://www.nit.pt/fora-de-casa/na-cidade/jovens-de-cascais-espalham-destruicao-em-vila-nova-de-milfontes-durante-ferias 

E poderá dar-se o caso de algumas escolas deste país andarem a contribuir para formar psicopatas ? https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/11/escolas-portuguesasos-mafiosos-e.html


sábado, 24 de julho de 2021

A inesperada invasão Sueca

 

https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/08/meio-milhao-com-ajuda-de-tres-frugais.html
 
Ainda na sequência do post acima, de Agosto do ano passado, no qual se nomearam os três países estrangeiros que mais contribuíram para a marca de meio milhão de visualizações (EUA, Holanda e Finlândia), eis que entretanto algo de muito estranho se passou na Suécia, atento a forma como evoluiu o número daqueles com origem naquele país e que visitam este blog. Vide abaixo as percentagens dos três países estrangeiros que mais visitaram este blog, que está agora mais próximo de atingir 1 milhão de visualizações:
 
Estatísticas dos últimos 12 meses
EUA..........5%
Holanda....2%
Finlândia...1%

Estatísticas dos últimos 6 meses
EUA.........5%
Suécia.....3%
Holanda...1%
 
Estatísticas dos últimos 3 meses
Suécia.....7%
EUA.........5%
Holanda...1%
 
Estatísticas do últimos 30 dias
Suécia.....15%
EUA.........6%
Holanda...1%
 
Estatísticas do últimos 7 dias
Suécia.....33%
EUA.........3%
França.....1%

 

sexta-feira, 23 de julho de 2021

A confirmação das mentiras do Secretário Galamba

 


No final de 2019 o Secretário Galamba garantia que uma mina de lítio provoca os mesmos impactos ambientais que uma pedreira (vide post acima) e alguns meses depois tal propaganda mentirosa foi veiculada por uma certa imprensa, que muito convenientemente nada dizia sobre os resíduos que iriam ser gerados na exploração do lítio.

Ontem porém o Público trazia um artigo cujo título não deixa margem para dúvidas "Projecto para Mina do Barroso ignora consequências de falha nas escombreiras" e onde se pode ler:
"a falha da escombreira irá libertar 8,5 milhões de metros cúbicos de resíduos de mina com uma distância de escoamento inicial de 86 quilómetros com impacto em numerosas comunidades ao longo dos rios Tâmega e Douro....O especialista critica ainda o facto de o “aterro de estéril” ser “construído a montante” da escombreira, que é já ilegal em alguns países..  

Ainda assim e mesmo que inventassem uma nova e miraculosa tecnologia para extrair o lítio com impactos ambientais minimos (que não vão inventar) era preciso ter presente que a exploração de todo o lítio que existe no solo Português irá gerar uma riqueza que é muito inferior ao prejuizo provocado pela corrupção e pelas vigarices. Um estudo realizado na UMinho aponta para um total 1200 milhões de euros de exportações durante toda a fase de laboração da mina do Barroso  que é mais ou menos o valor do calote provocado pelo Berardo, agora junte-se a isto mais mil milhões do calote daquele maçon que vive uma vida de luxo e que esta semana aparece na capa da revista Sábado e ainda os prejuizos astronómicos provocados pelo BPN, pelo BPP, pelo Banif e pelo BES. 

Resulta daqui que é muitíssimo mais rentável tentar reduzir a grande corrupção e as grandes vigarices para níveis residuais como aqueles que existem na Suécia ou na Finlândia, com a vantagem de isso não prejudicar em nada o ambiente. O grande projecto mineiro que este país precisa e merece não é por isso o de fazer grandes buracos para extraír lítio (ou qualquer outro mineral) mas somente o de abrir algumas covas para lá enterrar alguns conhecidos grandes corruptos e vigaristas. Dessa forma aqueles não prejudicam mais ninguém e até podem ajudar o ambiente, isto se os bichos necrófagos não forem muito exigentes e estiverem dispostos a fazer o imenso favor de processar carne de tão reles qualidade. 

quinta-feira, 22 de julho de 2021

Investigating impact, novelty and disruption using almost 88 million journal articles published in the last 200 years

 

"This paper unpacked the complex, temporally evolving relationship between citation impact alongside metrics of novelty and disruption, which focus on path-breaking contributions that moves the scientific frontier...By focusing on future science, the slowly accumulating pattern of novel and disruptive research contributions reveal sustained resistance to radically new ideas. This underscores the history of how many significant breakthroughs of modern science were initially rejected or ignored, sometimes for decades. Consider Darwin’s theory of evolution introduced in 1859; the atom conception proposed by Ludwig Boltzmann in the 1870s, the Continental Drift model formulated in 1912 by Richard Wegener; the Big Bang theory of the origin of the universe formalized by Georges Lemaître in the 1920s, and the gravitational wave theory by Albert Einstein in 1916. Resistance to more recent science includes denial of documented hazards from tobacco and DDT, ozone depletion, and climate change (Oreskes and Conway 2011). The “sleeping beauty” model (Ke et al. 2015) captures this pattern and suggests that a scientist’s eureka moment may take decades to be validated and appreciated. A similar pattern observed in technology is named after “J-curve” theory, which suggests that revolutionary, general-purpose technologies (GPTs) like steam engines, electricity, and AI always take a long time to diffuse as they demand and grow complementary technologies, but once a supportive environment has bloomed, they dramatically extend productivity (Brynjolfsson, Rock, and Syverson 2018). However, neither of these theories linked the characters of scientific discoveries or technological innovations to their influential outcomes and confirmed that novelty indeed succeeds in time. Our study identifies and recovers this missing piece of puzzle in the science of innovation” 

quarta-feira, 21 de julho de 2021

Ministro Heitor quer que os "concursos aconchegados" passem a ser ainda mais aconchegados



Afinal aquilo que se pensava ter sido uma excepção, vide post acima, como excepção tinham sido há algumas décadas atrás o caso dos tais professores que chegaram à cátedra por decreto (os catedráticos decretinos) vai afinal tornar-se a regra como hoje dá conta um artigo na página 15 do jornal Público. 

A hipocrisia vai ao ponto de nesse artigo se dizer que doravante o acesso à cátedra se vai fazer pelo mérito. Uma piada negra se tivermos em conta como se tem avaliado o mérito na academia, onde vigora um "nepotismo movido a favores", que passa pela distribuição de Excelentes a pataco, havendo até quem tenha Excelente,  com uma produção científica absolutamente nula, só por ter exercido um cargo de gestão, mesmo que esse exercício tenha sido bastante medíocre.  https://www.publico.pt/2017/02/09/sociedade/opiniao/da-patetica-e-nefasta-farsa-da-avaliacao-dos-docentes-universitarios-1761170

Atente-se aliás no artigo com o sugestivo título "No ensino superior não é o mérito que comanda as contratações" e compare-se isto com a forma como nos EUA selecionam professores em universidades de topo: "The focus is on people who have the potential to be (or are) stars -- e.g., who have done something that is viewed as seminal or "game changing"

Ou mesmo na Alemanha, vide descrição na secção II do artigo, pág 6, que é prova de um sistema muito competitivo que não tem qualquer semelhança com o nosso país. Não admira por isso que a Alemanha tenha 23 universidades no ranking das 100 mais inovadoras da Europa onde até a Espanha tem 5 universidades enquanto que Portugal tem zero e nos próximos anos vai continuar a ter Zero. 

Também não pode por isso constituir admiração que as Universidades Portuguesas, apesar de contarem com uma quantidade extraordinária de Professores alegadamente tão "Excelentes", tenham recentemente feito péssima figura no ranking Shanghai 2021 por áreas, quando comparadas com as Universidades Alemãs. 

PS - O que é absolutamente garantido que esta medida irá trazer é um agravamento do problema da endogamia académica, (aquela péssima tradição que segundo a conhecida Maria Manuel Mota directora do IMM e prémio Pessoa em 2013, dá mau nome ao parasitismo) onde Portugal é de forma muito pouco honrosa campeão internacional, sendo por isso hipócrita que no mesmo artigo se diga que é intenção do Governo reduzir a mesma. As únicas duas coisas positivas em todo o artigo são, a intenção de limitar o número de contratos por convite (que deram origem a uma autêntica pandemia)  e também o facto de se lá dizer que vão acabar as aulas grátis (que no futuro ficarão reservadas apenas a jubilados e reformados), uma aberração desavergonhadamente exploradora que permitiu a muitas instituições poupar muitos milhões de euros. 

segunda-feira, 19 de julho de 2021

A Barbie e a Ordem dos Engenheiros

 

https://www.ordemengenheiros.pt/pt/atualidade/noticias/elvira-fortunato-e-barbie-promovem-raparigas-na-ciencia/

A Ordem dos Engenheiros achou boa ideia promover no seu site uma noticia, vide link acima, sobre o facto da Engenheira Conselheira Elvira Fortunato ser membro de um júri que vai seleccionar uma estudante do 12º ano para receber uma bolsa de 3000 euros que só poderá ser utilizada num curso de ciência ou tecnologia da Universidade Nova, bolsa essa que será paga pela multimilionária empresa Norte-Americana Mattel, a tal empresa que fez e continua a fazer fortuna (mais de mil milhões dólares a cada ano) a vender uma boneca que parece ter saído da cabeça de alguém mentalmente muito perturbado, atento aquilo que se pode ler aqui https://www.dailymail.co.uk/news/article-2308658/How-Barbies-body-size-look-real-life-Walking-fours-missing-half-liver-inches-intestine.html

A introdução acima serve para perguntar, o que é que a referida noticia (que é basicamente uma forma da multimilionária empresa Americana fazer publicidade) tem a ver com a Engenharia Portuguesa e porque é que a Ordem dos Engenheiros acha que ela interessa aos membros daquela associação profissional, ao mesmo tempo que nunca deu noticia de coisas muitíssimo mais importantes e que prestigiam a Engenharia Portuguesa, como por exemplo quando o catedrático Paulo Lourenço ganhou a primeira bolsa milionária para a Engenharia Civil em Portugal (e uma das primeiras na Engenharia Civil na Europa) http://www.gecorpa.pt/Upload/Revistas/PC65_p42.pdf mas que a Ordem dos Engenheiros espantosamente não achou importante noticiar no seu site ? 

PS - Não deixa de ser estranho que o texto da noticia que inicia este post faça referências pouco rigorosas a desigualdade logo quando Portugal é nada menos do que o primeiro país da OCDE no que respeita ao número de mulheres em cursos científicos com uma percentagem aliás muito superior à de países como a Holanda, a Bélgica ou a Suiça. Porquê perder tempo e energia com problemas que não existem quando existem tantos e tão graves problemas para resolver neste país ?
 

Uma proposta para poupar o dinheiro (e também a paciência) dos Portugueses

 


Informou recentemente a imprensa que um jovem refugiado do Sudão acabado de chegar ao Norte do país é suspeito de violação de uma idosa, o que é desde logo uma forma muito curiosa de agradecer ao país que o recebeu. Daqui a longos meses quando ele tiver sido julgado e condenado, caso o tribunal após apreciação de toda prova o declare culpado, é muito provável que os juízes sentenciem que deva ser expulso de Portugal após cumprir a pena, exactamente como também sentenciaram recentemente outros juizes relativamente a um individuo estrangeiro (que em Coimbra violou e espancou uma mulher, e que no mesmo dia após ter sido identificado e constituído arguido, voltou a violar e a espancar outra mulher) e que agora depois de cumprida a pena será "devolvido" à Guiné-Bissau. 

Assim sendo e tendo em conta que cada recluso custa aos contribuintes deste país quase 1300 euros por mês, parece-me a mim que se Portugal fizesse um protocolo com os países de origem para que eles lá cumprissem pena isso permitiria poupar bastante dinheiro aos contribuintes, pois como é evidente o custo de um recluso a cumprir pena em África (ou noutros países pobres) é muitissimo menor do que em Portugal. Aliás se eles cumprirem a pena numa prisão Portuguesa ainda há o elevado risco de se irem queixar ao Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, sobre as condições das nossas prisões, como fez aquele criminoso Romeno (que se queixou que as nossas prisões eram muito quentes no Verão e muito frias no Inverno) por conta do qual o TEDH condenou Portugal (leia-se os contribuintes deste país) a pagar-lhe uma indemnização de 14.000 euros https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/10/criminoso-profissional-queixou-se-das.html

Ainda para poupar o dinheiro dos Portugueses é também muito importante que assim que algum elemento de uma força de segurança dê entrada na famosa prisão de Évora, deixe automaticamente de receber vencimento, porque a regra é que o vencimento é aquilo que alguém recebe por fazer um trabalho útil, pelo que é assim absurdo que os contribuintes tenham de pagar o vencimento a quem está na prisão como sucedeu recentemente com um militar da GNR e que agora se ficou a saber que ainda continua a receber o seu vencimento.
 

domingo, 18 de julho de 2021

Os urbanitas que pagam em excesso para viverem num forno

 


Ainda na sequência do post acima e tendo em conta que é muito provável que tenha havido quem não tenha percebido as consequências do artigo mencionado num post do mês passado aqui https://pacheco-torgal.blogspot.com/2021/06/the-risk-of-catastrophic-climate-change.html  podem contudo este mês através da edição Portuguesa da National Geographic ficar a conhecer o autêntico inferno em que se irão tornar a maior parte das cidades do Planeta, de que a muito recente vaga de calor no Canadá de quase 50 ºC é tragicamente premonitória https://www.bbc.com/news/world-us-canada-57654133 

Irónico é por isso que em várias cidades Portuguesas se pague um valor altamente inflacionado pela propriedade imobiliária, que a curto prazo se irá tornar num forno, por conta do conhecido efeito das ilhas de calor urbanas, o qual ainda por cima é agravado pelo elevado número de aparelhos de ar condicionado que tenderá a aumentar no futuro.  

PS - É verdade que nos últimos anos a comunidade científica tem tentado mitigar o problema https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/04/cooling-materials-helping-to-save-lives.html 
mas operar milagres é que coisa que não está ao alcance da mesma.

PPPs - Porcos Políticos Psicopatas


Ontem o Professor Universitário e Presidente da ACA-M, cuja missão é "fim da guerra civil nas estradas portuguesas" (e cuja filha faleceu num acidente rodoviário) foi autor de um artigo muito interessante e importante no jornal Público sobre os miseráveis PPPs, que acham que ser membro do Governo lhes permite desrespeitar os limites de velocidade vertidos no código da estrada, quando isso muito bem lhes apetece, ou seja sempre https://www.publico.pt/2021/07/17/opiniao/opiniao/crime-conducao-antisocial-1970672
 
Não só um tal comportamento se constitui como desculpa para que outros Portugueses lhe sigam o exemplo (inclusive aqueles muitos Portugueses que não possuem carta de condução porque nunca a tiveram ou porque ficaram sem ela por conta de inúmeras infracções), como ainda por cima esse excesso de velocidade tem um custo astronómico para Portugal https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/08/os-psicopatas-que-custam-portugal-11.html


sábado, 17 de julho de 2021

Um processo disciplinar a um professor da Universidade de Lisboa que vai dar com os burros na água

 

As ondas de choque do tal artigo publicado na revista Sábado, vide post acima, continuam a fazer-se sentir e o semanário NOVO, noticia hoje em artigo de título "Guerra de "pergaminhos" agita Faculdade de Direito na Universidade de Lisboa" que o tal professor associado a quem foi levantado um professor disciplinar, por conta das queixas do filho de um catedrático e neto de outro catedrático (e antigo Ministro de Salazar), tem como advogado Ricardo Sá Fernandes, pelo que estranho seria que o referido advogado não conseguisse reduzir a pó um processo sobre algo que mais não é que o exercicio de um legitimo direito de expressão. 

Muito curiosas são porém as palavras da Directora da FDUL ao supracitado semanário quando diz que o levantamento do processo disciplinar era obritório para cumprir a lei e isto é dito por uma responsável da mesma Faculdade que não levantou nenhum processo disciplinar aquele famoso professor que foi acusado "de abuso de poder, falsificação de documentos e burla qualificada" https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/estado-quer-perdoar-escritor-fantasma-de-socrates ou talvez a Srª Directora ache que somos todos burros !


sexta-feira, 16 de julho de 2021

Universidade de Lisboa em 12º lugar e a UBI em 2º lugar



Ainda na sequência do post acima onde foi feita referência ao desempenho da UBI face a outra universidade, segue abaixo a lista das instituições de ensino superior ordenadas pelo número de revisões dos últimos 12 meses, na qual a Universidade de Lisboa ocupa o 12º lugar, uma posição que é muito pouco excelente, quando comparada com a da UBI, mas que é ainda assim melhor que aquela outra posição obtida pela mesma universidade num outro parâmetro https://pacheco-torgal.blogspot.com/2021/05/politecnico-de-leiria-com-desempenho_6.html

1 - Universidade de Aveiro...........700 revisões por cada 100 docentes ETI 
2 - UBI..........................................540
3 - UALG......................................480
4 - UTAD......................................471
5 - Universidade de Coimbra.......466
6 - Politécnico de Portalegre........390
7 - Universidade do Minho............383
8 - Universidade do Porto.............383
9 - ISCTE......................................337
10 - Universidade Nova................329
11 - Politécnico de V.Castelo........285
12 - Universidade de Lisboa.........273
13 - Politécnico do Porto...............241
14 - Politécnico de Leiria..............239
15 - Politécnico da Guarda...........238
16 - Politécnico de C.Branco........231
17 - Universidade da Madeira.......224
18 - IPCA......................................214
19 - Universidade de Évora..........214
20 - Politécnico de Bragança........188
21 - Politécnico de Coimbra..........171
22 - Politécnico de Lisboa.............170
23 - Politécnico de Setúbal...........135
24 - Universidade dos Açores.......148
25 - Politécnico de Viseu..............126
26 - Universidade Aberta................90
27 - Politécnico de Santarém.........98
28 - Politécnico de Tomar...............94
29 - Politécnico de Beja..................17

E assim se fica a saber quem é que mais tem contribuido para a liderança de Portugal lá fora


quinta-feira, 15 de julho de 2021

O h-index da nova Presidente da Associação Nacional da Inovação

 


Ainda na sequência do post acima relativo à utilização do h-index, na base Scopus, como um dos parâmetros para atribuição de uma distinção recentemente criada pela Presidência da Escola de Engenharia da Universidade do Minho, vale a pena olhar para o diminuto h-index (10) na base Scopus da Professora Associada Joana Mendonça da Universidade de Lisboa, que é note-se apenas metade do h-index de uma minha ex-aluna de doutoramento, cujo peculiar percurso mencionei aqui https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/10/uma-linda-historia-de-embalar-sobre-uma.html

Significa isto que de certeza absoluta que não foi pela o impacto da sua obra científica mas muito mais pelo facto de ter no seu CV publicações conjuntas com o Ministro Heitor (e de o ter assessorado em 2009 e 2010 quando ele era Secretário de Estado) que agora lhe valeram a escolha para ser a nova Presidente daquela Agência que há poucos anos recebeu a visita da Policia Judiciária por conta de suspeitas de desvio de fundos. 

Mas será que se podia esperar outra coisa do mesmo Ministro que autorizou a abertura de meio milhar de concursos docentes aos quais muitos excelentes professores e investigadores foram proibidos de concorrer, não por falta de mérito, mas simplesmente porque não eram detentores da condição mágica, trabalhar na instituição há pelo menos 10 anos como se na academia vigorasse a lei militar que dita que a velhice é um posto? 

PS - E será que é através deste politica terceiro mundista de favorecimento de amigos e conhecidos (ao invés de se ter aberto um concurso internacional para preencher esse lugar como se faz em países decentes) que Portugal vai sair da cepa torta ?

quarta-feira, 14 de julho de 2021

Tese de doutoramento revela que 95% dos alunos com médias entre 18 e 20 valores estão muito longe de ser excelentes

 

https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/08/covid-19-provoca-aumento-de-alunos.html

Como se comentou no post acima, Portugal é um fenómeno mundial por conta da elevada quantidade de génios que nascem neste país, infelizmente porém o semanário Expresso deu conta de uma recente tese de doutoramento, que analisou várias centenas de alunos que concluíram o ensino secundário com elevadas classificações (18-20 valores), mas que mal puseram um pé na Universidade revelaram-se apenas estudantes de nível mediano, sendo que apenas 5% daqueles que foram excelentes no secundário o continua a ser em contexto universitário. 

Na mesma edição do Expresso alguém achou boa ideia entrevistar alguns jovens universitários e um deles, orgulhoso aluno do curso de Direito da Universidade Católica, que acabou o ensino secundário, num colégio privado de Cascais, com uma média bastante elevada, declarou que não ia tomar a vacina porque "não está provado que nos proteja a 100%". Pelos vistos ainda ninguém lhe explicou e ele pobre coitadinho, com a sua elevada média, não muito longe de 20 valores, também não foi capaz de aprender sozinho, que nunca em tempo algum a ciência mundial conseguiu desenvolver alguma vacina que garanta uma protecção de 100%. Mas se ter uma média no ensino secundário de quase 20 valores, não é sequer suficiente para garantir que um aluno saiba o que é a eficácia de uma vacina então essa média estratosférica significa o quê exactamente ?

Declaração de interesses - Como já escrevi anteriormente não partilho da apreciação mais ou menos generalizada (acritica e até acéfala) sobre os "génios" juvenis https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/12/o-pai-da-crianca-os-invertebrados-de-20.html pois entendo que este país (e este Planeta) precisa de pessoas utéis, nem que seja como trabalhadores do lixo (cuja utilidade é aliás muito superior à de qualquer futebolista), aquilo de que não precisa é de espertalhaços que depois acabam por se revelar autênticos parasitas, cuja utilidade está ao mesmo nível da utilidade da ténia ou da carraça, como aquele famoso espertalhaço (a quem até atribuiram um doutoramento honoris causa) que há não muito tempo atrás dizia que os Portugueses não querem trabalhar.

Emproado empertigado membro do Conselho do Ministério Público garante que Luís Filipe Vieira é totalmente inocente



Quem disse as palavras que dão título a este post foi o emproado advogado, Magalhães e Silva, fundador do PS, que agora defende o Sr. Luís Filipe Vieira. Trata-se do mesmo advogado que há alguns anos atrás criticou a prisão de José Sócrates e que há pouco tempo elogiou o juiz Ivo Rosa, o mesmo advogado que agora não só acha que o Sr. Vieira é o Português mais inocente que algum dia nasceu neste país, como ainda se dá ao desplante de criticar a actuação do Ministério Público, o que não deixa de ser espantoso, não só pelo facto dos estatutos da Ordem dos Advogados não permitirem que os seus membros comentem casos concretos, pois essa é tarefa para os muitos comentadores que existem neste país, mas principalmente pelo facto deste advogado ter sido escolhido pelo PS para integrar o Conselho Superior do Ministério Público, orgão que avalia e pune os Procuradores. Não admira por isso que uma tal afrontosa impunidade justifique hoje no Público um artigo do juiz Manuel Soares, Presidente da ASJP, o qual aproveita logo no inicio para lembrar o caso de um advogado cínico que nos julgamentos se gabava de ser membro do CSM e por consequência que as avaliações dos juizes dependiam do que ele achasse sobre os mesmos.

Aditamento em 15 de Julho - No jornal Público o jornalista João Miguel Tavares escreve hoje a propósito do caso do supracitado emproado empertigado advogado que a melhor forma de um criminoso fugir à cadeia é legalizar o crime ou então tornar a prova do crime quase impossível de fazer, que é o que sucede em Portugal. Nada do que ele escreve constitui porém novidade pois há muito que se sabe que os crimes de colarinho branco estão no nosso país protegidos pela própria lei e essa ajuda tem progenitores bem conhecidos, que são os nossos velhacos deputados e a aldrabice que é o Direito amigo dos criminosos do colarinho branco  https://pacheco-torgal.blogspot.com/2021/04/catedratico-afirma-que-o-direito-e-uma.html

terça-feira, 13 de julho de 2021

O h-index e os Prémios da Presidência da EEUM

 


Ainda na sequência do post acima é interessante constatar que no dia de ontem a Presidência da Escola de Engenharia da Universidade do Minho divulgou um regulamento sobre prémios e no ponto nº 12 do referido Regulamento pode ler-se que "O júri deverá fazer a seleção do premiado tendo por base critérios tais como": 
h-index do docente/investigador na base de dados do Scopus e o diferencial desse valor face ao h-index médio do Scopus dos professores catedráticos da mesma área científica;  

PS - Por uma estranha coincidência, há alguns anos atrás também achei importante saber o valor do h-index na base Scopus (e outras métricas) dos professores associados e catedráticos da minha área científica, a engenharia civil, e também de como é que aqueles professores comparavam nessas métricas com os professores da mesma área científica do Imperial College e do MIT  https://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/30767

O inacreditável mundo das obras públicas em Portugal e o relatório secreto


Sobre a tal obra de requalificação de um edifício inicialmente orçamentada em 700.000 euros mas que acabou por custar aos contribuintes Portugueses 3.4 milhões de euros e que é agora segredo de estado porque o Ministro da Defesa mandou classificar como confidencial o relatório sobre a mesma, https://www.publico.pt/2021/07/10/politica/noticia/relatorio-derrapagem-custos-obras-hospital-militar-belem-segredo-estado-1969809  ficou-se no passado sábado a saber por um certo semanário que uma das empresas de construção a quem o Estado Português adjudicou a obra, de nome Tertúlia Relax, não tinha histórico de experiência nessa actividade porque há apenas 3-4 anos não passava de um salão de estética. 

Faz por isso sentido perguntar, porque será que havendo neste país conhecidas e muito competentes empresas de requalificação de edifícios, com uma experiência de dezenas de anos foi a referida obra entregue a uma empresa que há pouco tempo se dedicava à estética ?  E o que é que haverá de tão grave no referido relatório que os Portugueses não podem saber, será que ainda é pior do que aquilo que já se sabe ?

PS - Tão inacreditável como ver o Estado Português adjudicar obras de reabilitação de milhões de euros, a empresas sem uma longa e sólida experiência nessa área, é ver o mesmo Estado esbanjar o dinheiro dos contribuintes num batalhão de policias que foram chamados para escoltar a viatura que transportava Sua Majestade Filipe Vieira. Será que não é possível mandar a factura da referida escolta aqueles políticos que até há bem pouco tempo, andaram a proteger e até a beijar os pés e outras partes anatómicas ao referido Vieira?