segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Prescrição dos crimes de corrupção

 


Ainda sobre o post acima, em cuja parte final se mencionaram os tais "generosos" prazos de prescrição de crimes em Portugal, vale a pena dar uma olhada no documento abaixo que compara os prazos de prescrição de vários países europeus https://hayderecho.com/wp-content/uploads/2017/01/TI_Report_Prescrizione.pdf


Código Penal Português incentiva as grandes burlas ?

https://en.wikipedia.org/wiki/Life_imprisonment

A imagem acima mostra que na esmagadora dos países europeus se admitem pesadas penas de prisão, que podem chegar a várias dezenas de anos, para crimes de elevada perversidade (países a vermelho), algo que não sucede em alguns poucos países como o nosso, onde existe uma pena máxima de 25 anos, mesmo para alguém que mate 20 ou 30 pessoas ou até mesmo que faça explodir uma bomba, matando mais de uma centena de pessoas, como aconteceu nos EUA, quando um individuo fez explodir duas toneladas de nitrato de amônio junto a um edificio federal. https://en.wikipedia.org/wiki/Timothy_McVeigh

O problema do nosso país porém, nem é tanto o caso dos assassinios em massa, que são raros (tendo o caso do mata sete sido uma excepção), mas o facto de todas as outras penas serem graduadas em função do tal cúmulo juridico de 25 anos, o que faz com que os crimes de corrupção tenham molduras penais extremamente baixas, ao contrário da Espanha onde há quem cumpra dezenas de anos de cadeia por crimes de corrupção. https://www.publico.pt/2018/05/24/mundo/noticia/justica-espanhola-condena-barcenas-a-33-anos-de-prisao-e-pp-por-beneficios-no-caso-gurtel-1831942

Atente-se por exemplo no caso de um pequeno burlão que lesou várias pessoas num valor global de 19 mil euros e que a justiça condenou a 6 anos de cadeia. É exactamente a mesma pena que foi aplicada ao senhor general agora condenado a 6 anos de cadeia, por ter lesado o Estado Português em quase 2 milhões de euros. Aliás o famoso banqueiro João Rendeiro foi condenado em 5 anos e 8 meses de cadeia por uma burla de dezenas de milhões de euros https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/banqueiro-joao-rendeiro-acusado-de-nova-burla-no-bpp o que não pode deixar de se constituir como um forte incentivo às grandes burlas, já que se a pena é a mesma, tanto para burlas de muitos milhões de euros como para burlas de alguns poucos milhares, então mais vale ser ambicioso e tentar sacar o máximo de milhões possível e depois ir fazer umas longas férias para um país que não tenha acordos de extradição com Portugal, até que o crime prescreva (10 anitos), altura em que pode voltar novamente para Portugal sem risco de ser incomodado pela justiça.   

PS - Sobre os "generosos" prazos de prescrição do "generoso" Código Penal Português (que ficou ainda mais "generoso" depois da reforma levada a cabo durante o Governo do Sr. Sócrates) convém recordar isto https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/marques-mendes-a-maior-parte-dos-atos-de-gestao-da-cgd-nao-podem-ser-julgados-porque-ja-prescreveram-403609


domingo, 29 de novembro de 2020

The decadence of Humanity through the devaluation of Science (and Engineering)

"From a scientist or an engineer, we will quickly say that “he does not do more than his obligations”, but, from a poet or a painter, we do not hesitate to classify his work as genius. And it should not be so. That thousands of scientists did, in less than 12 months, under enormous pressure, deserves universal applause and is a creditor of admiration"

The recent and crystal clear statement above is not from any scientist or engineer but from a well-known 78-years-old Portuguese former Minister (graduated in 1968 by the University of Geneva). I note, however, that he forgot to include soccer players with poets and painters, since this group, more than any other, today has the monopoly of genius (and the corresponding inflated salaries, thousands, tens of thousands, and even hundreds of thousands of times greater than the one received by many scientists and engineers), such as the late Maradona, who recently received infinite praise (including that it had God-like capacities), even despite his past drug use and the phrase "I was, am and will be a drug addict". An addiction that is a bad example for the younger generations. But what does it matter if we are talking about Maradona, who did absolutely wonderful things for Humanity, through the brilliant human achievement that is kicking a ball. An activity that is far more important than the discovery of any vaccine, which is hardly not a clear sign of Humanity's decadence, being especially ironic (and damaging) in the context of a tragedy already announced in here (but which had already been commented on in the first post of this blog) and whose devastating evidence is greater from year to year.


PS - The text above is the rigth context to remember the words of Ulrich A.K. Betz, Vice-President of Merck, who wrote in a paper published in the journal Technological Forecasting and Social Change, that there were no reasons for superstar scientists to be celebrated less than a superstar football player. https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0040162517309733

Porque será que os Chefes de Gabinete de Ministros ganham mais do que um Catedrático ?



Porque será que os Chefes de Gabinete dos Ministros, ganham mais do que um Catedrático no 1º escalão, quando isso nem sequer acontece na pátria do capitalismo selvagem, onde até os cargos equivalentes a Ministro ganham menos do que um Catedrático  ?

Será que isto não pode ser considerado uma forma de desvalorização da Ciência ?

PS - A fotografia acima diz respeito ao Chefe de Gabinete do Primeiro-Ministro (que ganha mais do que um catedrático no 4º escalão), e que foi citado mais de 80 vezes num processo de corrupção e fraude 


A desvalorização da Ciência (e da Engenharia) e a decadência da Humanidade

  

"De um cientista ou de um engenheiro, rapidamente diremos que “não faz mais do que as suas obrigações”, mas, de um poeta ou de um pintor, não hesitamos em classificar de genial a sua obra. E assim não deveria ser. O que uns milhares de cientistas fizeram, em menos de 12 meses, sob enorme pressão humanitária, merece o aplauso universal e é credor de admiração sem reservas"

A cristalina afirmação acima não é de nenhum cientista nem de nenhum engenheiro mas do conhecido António Barreto, ontem no jornal Público. Noto porém que ele se esqueceu de incluir os futebolistas junto aos poetas e pintores pois esses mais do que qualquer outro grupo é que possuem nos tempos que correm o monopólio da genialidade (e do correspondente salário estratosférico, milhares, dezenas de milhar, e até centenas de milhar de vezes superior ao de qualquer cientista ou engenheiro), como o falecido Maradona (que viveu como um Rei apesar de nada de extraordinário ter feito para o merecer), a quem recentemente não se pouparam infinitos elogios (inclusive que seria Deus), mesmo apesar do seu passado de consumo de drogas, tendo até deixado para a posteridade a frase "Eu era, sou e serei um viciado em drogas". Um vicio não só socialmente reprovado mas até mesmo criminalizado em vários países e que constitui um péssimo exemplo para as gerações mais jovens. Mas que importa isso se estamos a falar do Maradona, que alegadamente fez coisas absolutamente maravilhosas pela Humanidade, através dessa genial realização humana que é o chuto na bola, actividade que é muitissimo mais importante do que a descoberta de qualquer vacina, o que dificilmente não é um claro sinal da decadência da Humanidade, sendo especialmente irónica (e danosa) no contexto de uma catastrófica tragédia anunciada aqui (mas que antes disso até já tinha sido comentada no primeiro post deste blog) e cujas devastadoras evidências são maiores de ano para ano.

PS - A outra imagem acima, que faz companhia ao "Deus" Maradona, é de um individuo muitíssimo menos conhecido do que o Maradona, e que deve ter recebido ao longo de toda a sua vida de trabalho muitíssimo menos do que o Maradona recebeu num único mês, mas de quem se diz que, nunca houve ninguém cujo trabalho tivesse salvo tantas vidas.



sábado, 28 de novembro de 2020

BoKlok__"Sustainable, quality homes at a low price, for all"



The title of this post was taken from here https://www.boklok.com/ its no doubt a catchy and ambitious advertisement still I´m always suspicious about corporate grand statements like this one by the company BoKlok, a partnership between Ikea and Skanska that have already built several thousand homes in Sweden, Finland and Norway and are now building several hundred in UK.

Saying that the future of sustainable construction is new modular construction forgets that Europe has 220 million buildings that need to be energy renovated  https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/10/progress-made-by-eu-countries-towards.html and it would be moronic to think that new constructions could be more sustainable than energy renovations https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/09613210601068161

Last but not least, sustainable buildings are not enough, as Covid-19 has shown we need also healthy buildings. Still on this issue let´s not forget that Horve et al. (2019) recalled the anecdotal fact that, when architects describe “healthy building” principles, they routinely speak of access to daylight and outside air https://www.nature.com/articles/s41370-019-0157-y


O mistério dos académicos da gestão e da economia e as propostas do altamente citado Luís Cabral

 

Quando se pesquisa o ficheiro excel do ranking supra descobre-se um único académico Português da área da gestão ou economia, porém quando a pesquisa sobre os investigadores Espanhóis dessas áreas aparecem mais de uma dezena ! Sendo a vantagem Espanhola em termos de rácio SHCS/milhão de habitantes superior a Portugal em apenas 30% não deixa de ser estranho que na área da economia e da gestão essa diferença seja bastante superior.É verdade que aparece lá o Sérgio Rebelo e o Luís Cabral mas esses infelizmente não trabalham em Portugal mas em universidades da terra do Sr. Trump. 

PS - Ontem a secção de Economia do Expresso trazia um artigo do referido e altamente citado economista Luís Cabral, onde ele escreve sobre a necessidade de melhorar a máquina fiscal Portuguesa, que por conta da evsão fiscal deixa escapar aproximadamente 1.9% da receita, um valor de centenas de milhões de euros. Trata-se de uma afirmação curiosa na justa medida em que por diversas vezes neste blog sugeri que a máquina fiscal Portuguesa devia ir receber lições com a máquina fiscal espanhola, nomeadamente num post com um título provocador que até foi citado numa publicação de uma professora da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/11/juro-que-nao-conheco-professora.html Gostei particularmente da sugestão do Luís Cabral, no sentido dos contribuintes serem obrigados a declarar sob sua honra que não possuem contas bancárias ou activos (físicos ou financeiros) no estrangeiro, que não tenham sido declarados ao fisco, sendo a infracção penal correspondente a que equivale à falsificação de documento.


sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Estudo entre vários países mostra que dinheiro aumenta a felicidade excepto em Portugal


A imagem abaixo tirada do artigo no link acima, onde se constata que a felicidade aumenta com o rendimento, mostra também que Portugal tem um rendimento superior a vários países Europeus, mas fica abaixo deles em termos de felicidade e isto sem contabilizar sequer o efeito da pandemia! 

E será que a infelicidade Portuguesa terá que ver com sensação de roubo permamente por parte daquela gatunagem de que falava o Medina Carreira


quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Why is Clarivate Analytics favouring certain scientific fields and descriminating all the others ?


Clarivate Analytics just disclosed its list of Highly Cited Researchers and, again, many highly cited researchers do not appear on it just because the methodology used by Clarivate Analytics favours a few (magic) scientific fields and discriminates all the other fields. In 2018 Clarivate tried to correct the problem by creating a new multidisciplinary category (Cross-Field) still that does not solve the problem at all. For instance, it does not make any sense whatsoever to put all social sciences under the same indicator in the same way that it's unscientific to put all engineering disciplines under the same "umbrella" because each has its own citation patterns. For instance, biological engineering has much higher citation records than civil engineering. At least Clarivate Analytics should have used the same 54 fields already used by Shanghai Ranking. 

PS - In order to overcome the many shortcomings of the Clarivate Analytics scientists list back in 2019 several researchers from Stanford University designed a composite indicator with six components including the coauthorship-adjusted Schreiber hm-index for fractionalised counting of papers https://journals.plos.org/plosbiology/article?id=10.1371/journal.pbio.3000384 which is now known as the Stanford Ranking being much more accurate in giving credit to highly cited scientists than the flawed Clarivate Analytics scientists list.


Um ranking causador de perturbação

 https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/11/stanford-universityupdated-ranking-of_7.html

O post acima sobre o ranking da Universidade de Stanford tornou-se o mais visto não só dos últimos 30 dias, como também dos últimos 90 dias (e até já está em segundo lugar dos posts mais vistos nos últimos 6 meses). Abaixo imagem dos 9 posts com mais visualizações nos últimos 90 dias. Será que a razão do inusitado "sucesso" se prende com o facto do mesmo comprovar o desgraçado desempenho de Portugal, quando comparado com o da Grécia e do Chipre ?

Entretanto algumas instituições já começaram a fazer publicidade aos investigadores que constam no referido ranking https://www.ips.pt/ips_si/noticias_geral.ver_noticia?P_NR=7855 seguindo o exemplo de várias outras lá fora como por exemplo esta universidade Alemã https://www.wiwi.uni-muenster.de/fakultaet/en/news/3081



quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Confiaria as contas da sua casa a este homem ?




Informa a revista Sábado que a Câmara Municipal de Oeiras retirou um cartaz da Iniciativa Liberal por entender que o mesmo ofendia o o Excelentíssimo Sr. Presidente da Câmara. Resumindo e concluindo, ficamos assim a saber que a Câmara Municipal de Oeiras, que tem funcionários para fazer massagens (para aumentar a produtividade) também tem funcionários que avaliam o que é que pode ofender o Excelentíssimo Sr. Presidente da Câmara. Não me vou contudo alongar em mais comentários sobre esta inqualificável personagem pois já os produzi no passado dia 15 de Junho  https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/06/os-portugueses-que-nao-tem-moral-para.html

Can the salvation of the Planet be achieved through litigation?



Above link to a recent article in The Economist that reports on several cases of shareholders who have brought pension funds and companies to court, due to the financial risks of climate change. In a case that took place in a European court, an environmental law charity bought shares in an energy company and when that company tried to build a coal-fired power plant the association went to court, claiming that this investment would be a financial risk in the context of decarbonization and the court ruled in his favour, which led to the abandonment of the plant's construction. Who could ever imagine that litigation could be so effective in saving the Planet! However, its hard to believe that it can avoid the "inevitable near term social collapse due to climate change" that Professor Bendell wrote about.

"Entram pobres e saem ricos. Será possível condenar políticos por esconderem bens?"




Como se percebe pelo artigo no jornal Público continua a guerra retórica no sector da justiça sobre como caçar os politicos que "Entram pobres e saem ricos". Uma hipótese poderia passar por copiar o que fazem na Inglaterra https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/10/a-nova-ferramenta-juridica-britanica.html mas isso não acontecerá porque neste país gostam pouco do Direito que praticam naquelas paragens. 

Mas se o problema é esse e os nossos ilustríssimos lentes do Direito preferem muito mais o Direito Alemão, então porque não perguntam aos seus Colegas daquele país, como foi possível que de forma tão rápida tenham descoberto, julgado e sentenciado os corruptores no caso dos submarinos e em Portugal ficou tudo em águas de bacalhau porque o Procurador responsável disse que dava muito trabalho provar o recebimento dos subornos: 
"the Portuguese public prosecutor dropped the case, saying that proving the payments were received was too hard a task" https://algarvedailynews.com/news/9496-germans-prove-6-4-million-submarine-bribe-was-received-by-portuguese-elite
quase parecendo que em Portugal é necessário que os corrompidos tenham que ir a um cartório lavrar documento onde reconhecem o dia, a hora e o montante pelo qual foram corrompidos para que possam ser condenados !

PS1 - Já tinha comentado anteriormente a proposta dos juízes https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/10/uma-fraquissima-proposta-para.html


terça-feira, 24 de novembro de 2020

The Economist__Será que a salvação do Planeta pode alcançar-se através da litigância ?




Acima link para um recente artigo na revista The Economist que dá conta de vários casos de acionistas que levaram a tribunal fundos de pensões e empresas, por conta dos riscos financeiros das alterações climáticas. Num caso ocorrido num tribunal europeu, uma "environmental law charity" comprou acções de uma empresa de energia e quando aquela tentou construir uma central a carvão a associação avançou para tribunal, alegando que esse investimento seria um risco financeiro no contexto da descarbonização e o tribunal deu-lhe razão o que levou à desistência da construção da central. Quem diria que a litigância poderia ser tão efectiva no salvamento do Planeta ! Já estou a ver alguns famosos escritórios de advogados Portugueses, sempre sedentos na facturação, a verem aqui uma excelente oportunidade de negócio !


A corja médica




Já não nos bastavam os mafiosos comentados no post acima ou estes outros que quiseram ganhar dinheiro à conta do Covid-19 e agora ainda temos que levar com uma senhora médica que parece querer fazer carreira na manipulação: 

PS - Felizmente porém que os tribunais Portugueses já começam a perceber quem é verdadeiramente esta corja e já não se impressionam com os seus pomposos diplomas de medicina, como fez um Tribunal do Porto que condenou a uma pena de cadeia efectiva de quase 6 anos, um médico cardiologista, por burla ao SNS, que hoje faz capa num jornal diário.


segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Ao contrário de Portugal, Espanha aumenta em 60% o orçamento para a investigação em 2021




O artigo no link acima hoje publicado na revista Nature dá conta que o orçamento da investigação pública no país vizinho vai ser aumentado 60% relativamente a 2020. Já em Portugal o que temos é esta mistificação aqui https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/10/financiamento-do-ensino-superior-no-oe.html  Ainda sobre mistificações na ciência Portuguesa vale a pena também revisitar isto https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/08/despesa-em-investigacaoa-realidade-as.html

PS - Para os ignorantes com assento neste Governo, que preferem despejar milhares de milhões de euros na TAP e ainda 1600 milhões para as sanguessugas das PPPs (Engenheiro Conselheiro Luís Todo Bom dixit), talvez não fosse má ideia que aprendessem (se forem capazes) a lição que esta semana é dada aqui e que se resume da seguinte forma "tech is the path to power"


The Economist__"Germans are averse to self-employment"

 

"According to a recent survey by kfw, a state-owned development bank, one in four of the 605,000 founders of firms last year had foreign origins"

Does this mean that when the Dutch newspaper Elsevier weekblad referred to the laziness of German people they were referring mainly to pure-blooded Germans? I have no idea, what i do know is that in the article published in The Economist there is an interesting phrase "Germans are averse to self-employment" that was said by a Senior Project Manager of the Bertelsmann Foundation. Coincidently or not  in the first chapter of a book published a few months ago https://www.elsevier.com/books/start-up-creation/pacheco-torgal/978-0-12-819946-6 I made some comments on the fact that different countries have different tolerance to the failure stigma which in turn influences the dynamics of startup creation.  


Carros de luxo e uma escandalosa dúvida catedrática

"a corrupção e o sistema legal e judiciário que também não evitam isto que é escandaloso ...sempre ao abrigo da legislação existente, muito da casa lá de Coimbra e arredores e dos catedráticos da borla e capelo que agora andam pela capital a gozar o prestígio assim conseguido"


Quem serão os tais catedráticos de Direito Penal, nomeados no comentário acima, no blog Porta da Loja, a propósito de um caso de um individuo que passou os bens à mulher antes do divórcio e que agora não tem bens para pagar uma divida de 4 milhões de euros ao Novo Banco? https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/empresario-antonio-rodrigues-sa-passa-bens-a-mulher-antes-do-divorcio  

Como é evidente quem vai pagar a divida de 4 milhões de euros ao Novo Banco são todos os contribuintes deste país,  pela simples razão que os Portugueses adoram pagar. Seja o que for a quem quer que seja. Não é por acaso que na passada Sexta-Feira o Luis Aguiar-Conraria lembrava no Expresso que em Portugal uma certa operadora cobra 25 euros/mês por um pacote de 1GB e  limite de chamadas enquanto na Espanha se pagam 7 euros/mês por um pacote de 3GB e chamadas ilimitadas. Uma diferença de 350%. Imagine-se que nos últimos 10 dez anos, um milhão de familias gastou em comunicações 85 euros por mês, quando poderia ter gasto apenas um terço (caso não existisse cartelização), estamos a falar de um pagamento em excesso de mais de 6000 milhões de euros, que foram praticamente roubados às referidas familias. Recorde-se que de acordo com a OCDE o custo da falta de concorrência em Portugal tinha um custo superior a 20.000 milhões de euros. 

sábado, 21 de novembro de 2020

1 milhão de euros____ Abriram as nomeações para o Prémio Gulbenkian sobre as alterações climáticas


https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/11/1-million-euros-gulbenkian-prize-for.html

Quem sabe talvez este prémio que teve a sua primeira edição em 2020, sirva para distrair as pessoas da pandemia do Covid-19, que deverá ficar resolvida em 2021, por conta das várias vacinas em rápido desenvolvimento e assim possam começar a pensar num outro assunto, bem mais grave que de certeza absoluta irá garantir um futuro nada brilhante às futuras gerações, vide o post inicial com que inaugurei o meu blog em 2019 https://pacheco-torgal.blogspot.com/2019/09/facing-disaster-great-challenges.html


Um funeral indecente


O marido da princesa Isabelinha, Sindika Dokolo, teve direito a um funeral na Abadia de Wesminster na Inglaterra (foto acima) que me fez lembrar um funeral que teve lugar em Roma, o qual não só irritou muitos Italianos, como deu uma grande alegria a muitos no Norte da Europa, que viram nisso a prova de um país terceiro-mundista  https://www.theguardian.com/world/2015/aug/21/disgust-in-rome-at-mafia-dons-glamour-funeral-complete-with-godfather-music e isto ao mesmo tempo que em Portugal o Expresso fez capa do seu primeiro caderno, com uma noticia segundo a qual as centenas de doentes Africanos que estão em Portugal, ao abrigo de um protocolo com Angola, por conta do qual o Estado Português procede a assistência médica e efectua cirurgias sem custos, só tendo o Estado Angolano que pagar alimentação e estadia mas o valor que paga é tão irrisório, que nem dá para pagar um quarto quanto mais alimentação. 

O meu conselho, se a princesa Isabelinha vivesse em Portugal, o que não sucede, era que os referidos Angolanos lhe fossem bater à porta de casa, para lhe pedirem uma esmolinha pois não consta que ela algum dia tenha tido problemas de liquidez. Contudo, como isso não é possível, sugiro em alternativa que perguntem onde é a casa do Dr. Júdice e lhe façam uma visita. Estou certo que um advogado tão ilustre, cujo escritório ganhou tantos milhões de euros à custa da cleptocracia Angolana, não se importará de pagar um prato de sopa ou umas sandes aos Angolanos que agora fizeram noticia no semanário Expresso em artigo com o elucidativo título "Doentes Angolanos passam fome em Portugal"

PS - Se eventualmente o Dr. Júdice não estiver em casa podem em alternativa tentar visitar um famoso advogado que trabalhou para aquele famosíssimo e espertíssimo Angolano  por conta do qual um Procurador Português foi acusado e condenado por corrupção. https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/01/o-hacker-rui-pinto-tortura-e-o-asco-do.html pois tenho a certeza absoluta que o advogado estrela, como grande humanista que é (sempre com a boca cheia de elevadíssimos principios, que são música celestial para os ouvidos dos burlões e dos corruptos), se apiedará da sua deplorável condição e os ajudará como puder, nem que seja através da doação de um mísero eurito a cada um, que sempre é melhor que nada e a ele lhe fazem pouca falta.   


Sousa Tavares volta a acertar no cravo




O Miguel Sousa Tavares está de parabéns por voltar a acertar no cravo, com a sua crónica ontem no Expresso, sobre um tema gravíssimo que neste blog foi comentado em 30 de Março https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/03/estrangeiro-torturado-ate-morte-no.html

É contudo altamente improvável, esperar que elementos das forças de Segurança, que foram submetidos a um treino militar, que dá corda livre aos instintos mais primários, depois revelem permanentemente um comportamento pacifico, principalmente quando submetidos a situações de tensão. Não pode por isso constituir elevada surpresa o invulgar número de casos em que tais elementos de segurança fizeram o que não deviam, como aquele famoso caso que ficou para a história deste país, da decapitação de um cidadão Português por um GNR que entretanto já foi libertado.  

Ou aqueles casos mais recentemente relatados pela imprensa:

E o facto de haver problemas similares com militares de países do primeiro mundo, como o famoso centro de tortura física e sexual de Abu Ghraib ou o caso daqueles soldados dos EUA que mataram dezenas civis também no Iraque num conhecido massacre: https://en.wikipedia.org/wiki/Haditha_massacre e ainda continuam a matar  noutros sitios (o New York Times deu conta que só no ano passado os soldados daquele país mataram 132 civis) ou aqueles outros militares do exército da Australia, que soube-se na semana passada, também se envolveram em matanças similares de dezenas de civis incluindo de adolescentes, ajudando a perceber um comportamento que já foi descrito nalguma literatura em moldes bastante elucidativos: 
"One Vietnam veteran said directly that "a gun is power. To some people carrying a gun was like having a permanent hard-on. It was a pure sexual trip every time you got to pull the trigger." Others readily compared killing to sex (pp. 136-137). Grossman comments "Many men who have carried and fired a gun—especially a full automatic weapon—must confess in their hearts that the power and pleasure of explosively spewing a stream of bullets is akin to the emotions felt when explosively spewing a stream of semen"

Em Portugal, os elementos das forças de segurança, que tiveram um treino militar deviam por isso actuar somente em casos de criminalidade violenta, independentemente de já haver um subgrupo na GNR, dedicado somente a operações especiais, cuja foto aparece no inicio deste post https://www.operacional.pt/o-grupo-de-intervencao-de-operacoes-especiais-da-gnr/  Já aqueles que contactam diariamente com civis, deviam antes de o poder fazer, ter de passar por um treino para os "desprogramar" do treino militar a que erradamente foram submetidos. Acresce que se a percentagem de elementos da GNR que apresentam traços de psicopatia for de apenas 1% (a mesma percentagem do resto da população, que é contudo bastante inferior às percentagens encontradas no sector corporativo) isso significa que haverá naquela força de segurança mais de duas centenas de elementos, capazes de actos que podem passar, pela humilhação das pessoas que deviam servir como se viu por exemplo no mês passado e que podem inclusive chegar a situações de tortura e morte. Razão pela qual faria todo o sentido fossem realizados testes de despistagem de psicopatia nesta força de segurança, da mesma forma que já sugeri que se fizessem também para o ingresso nos cursos de medicina (e de enfermagem). 

PS - É verdade que há muitos individuos que receberam um treino militar e são pessoas muito equilibradas e com grande auto-controlo, contudo isso não é garantia que todos o sejam e bastam alguns poucos casos (como por exemplo o do tal cidadão que foi torturado e morto no aeroporto de Lisboa) para causarem evidentes preocupações que exigem medidas que eliminem ou pelo menos minimizem esse gravíssimo problema. É também importante não confundir psicopatia com Schadenfreude, que como me recordou recentemente o António de Castro Caeiro, da Universidade Nova foi uma emoção formulada há mais de dois mil anos pelos Gregos, através da palavra Epikhairekakia que segundo ele designa o "regozijo desmesurado pelo mal alheio".

sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Climate Change 1 million euros Prize__Now accepting nominations for the 2021 edition



Nominations for the Gulbenkian Prize are now open until February 28 of 2021

The Gulbenkian prize aims to recognize people, groups of people and/or organizations whose contributions to mitigation and adaptation to climate change stand out for its novelty, innovation and impact.

More details about nominations can be found in the link below:

Professora mais corajosa da Universidade Nova trata da saúde ao Governo



Transcrevo abaixo um pequeno excerto de um artigo de uma famosa Professora da Universidade Nova de Lisboa hoje no jornal Público:

"Tudo isto é triste. Mas será que tudo isto é fado? Não. É escolha. Há duas semanas, escrevi com um conjunto de pessoas uma carta ao ministro das Finanças, em que questionamos uma série de verbas não justificadas inscritas no OE2021. Este dinheiro podia servir para ajudar as portuguesas e os portugueses que não conseguem pagar o pão. Exemplos? Quase dez mil milhões de “despesas excecionais”, cinco mil milhões de empréstimos não sabemos a quem, dois mil milhões de participações de capital também sem destinatário conhecido. Recordo os mil e cem milhões enterrados na TAP em 2020 em nome de um duvidoso interesse nacional....Dinheiro, há. Só que é mesmo muito mal gasto" https://www.publico.pt/2020/11/20/opiniao/opiniao/dinheiro-publico-mal-gasto-pessoas-dinheiro-pao-1939916

PS - Também no Público alguém lembrou que Mário Centeno, "no seu cargo dourado de Governador do Banco de Portugal", avisou que é preciso uma limitação de apoios sociais. Porém na verdade aquilo que Portugal precisa urgentemente é cortar em 50% os 17.000 euros que recebe mensalmente o senhor Governador do Banco de Portugal e bem assim também reduzir as excessivas regalias de que usufruem os funcionários daquele banco https://pacheco-torgal.blogspot.com/2020/06/infames-luxos-salariais.html


Escritura de venda de casa só pode ser realizada mediante prova de que os compradores entendem o livro de instruções da mesma

 

"Even small and cheap appliances typically come with user guides, yet, the most expensive purchase in most people's lives, a home, does not. Is it time to consider mandating user guides for homes?" https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0048969720306562

Interessante seria porém saber qual o conteúdo do manual de instruções de uma casa, projectada segundo principios, não só de eficiência energética e outros de natureza ambiental (que também atendessem a isto e também a isto aqui), mas principalmente capaz não só de minimizar a transmissão de microorganismos patogénicos (sem receitas acéfalas de considerar que todos os microorganismos são patogênicos como erradamente fazem estes académicos) mas também capaz de manter microbiomas personalizados para maximizar a saúde dos seus ocupantes ? E qual é que teria de ser o nível de escolaridade de um cliente para conseguir entender o conteúdo desse manual de instruções ?



quinta-feira, 19 de novembro de 2020

A incompetência da FCT__Faz algum sentido que se coloquem peritos de oftalmologia a avaliar projectos de investigação na área da epidemiologia

Já tínhamos tido uma notória incompetência na avaliação das unidades de investigação da área da engenharia civil, quando foram escolhidos para avaliadores, peritos que reuniam expertises somente nas subáreas das estruturas, da geotecnia e da hidráulica, sendo por isso manifestamente incompetentes para conseguirem ler e avaliar publicações (como exigia o regulamento da avaliação) nas subáreas dos materiais de construção, da eficiência energética ou do planeamento e transportes e agora temos uma incompetência muito semelhante. Abaixo o nome dos avaliadores (e respectiva expertise) da Call de projectos em todos os dominios científicos, cujos resultados foram recentemente tornados públicos e comentados neste post e também neste outro.  


Ashraf Ashour.............................Structural engineering
Charalampos Baniotopoulos.......Structural engineering
Christian Cremona......................Structural engineering
Joan Ramon Casas Rius............Structural engineering
Michael H. Faber.........................Structural engineering
William Powrie............................Geotechnics
David Richards...........................Geotechnics
Giulia Viggiani.............................Geotechnics
Minna Karstunen.........................Geotechnics
Otto Anker Nielsen.....................Transportation
Abigail Bristow............................Transportation
Angel Aparicio Mourelo............. Transportation
Thomas Olofsson........................Construction
Leon Black..................................Building Materials
Simon Tait...................................Water engineering

Atento o elevado número de avaliadores de geotecnia e sabendo-se que so havia 4 candidaturas pertencendo a essa subárea é caso para perguntar, será que eles andaram a avaliar projectos de subáreas para as quais não possuiam competências científicas, exactamente como fizeram os avaliadores das unidades acima citados ? 

E porque é que o painél de avaliadores, atento o facto do numero de candidaturas na subárea dos materiais de construção ser 10 vezes superior ao número de candidaturas da subárea da geotecnia, não tinha muito mais peritos na subárea dos materiais de construção do que na subárea da geotecnia ?

E que dizer das quase 50 candidaturas na subárea dos materiais de construção, quando havia somente um avaliador com expertise nessa subárea (sendo que deveria ter havido 4 para respeitar a proporcionalidade do número de projectos) será que as mesmas foram avaliadas por peritos de geotecnia, de transportes e de estruturas ? 

Será que na FCT não conseguem entender que colocar peritos de estruturas a avaliar projectos de investigação de hidráulica ou peritos de hidráulica a avaliar projectos de geotecnia faz tanto sentido como colocar peritos de oftalmologia a avaliar projectos de investigação na área da epidemiologia ? 

PS - E será que o facto de ter havido um predominio de avaliadores de estruturas é que explica que metade das candidaturas selecionadas para financiamento tenham sido de estruturas ?



A casta quase cleptomaníaca

 

Com a devida vénia reproduzo abaixo uma mensagem do campeão da cidadania Paulo Morais sobre o novo emprego do filho do amigo do Primeiro-Ministro, onde aquele irá receber quase 10.000 euros por mês:

“O novo Adido Principal para a área económica da embaixada de Portugal em Washington...é o filho de Lacerda Machado, o compadre do António Costa. Francisco Lacerda Machado não tem currículo, nem experiência. Mas é o filho do compadre...” https://poligrafo.sapo.pt/fact-check/governo-nomeou-filho-de-amigo-de-antonio-costa-para-assessor-da-embaixada-de-portugal-em-washington

E depois de casos como o acima relatado ou isto aqui ou por exemplo esta recente vergonha aqui ainda há quem se admire que nas eleições dos Açores o partido CHEGA tenha tido 300% mais votos do que a CDU ! 

Quem também não poupou nas palavras foi o Director da revista Sábado, ontem publicada que no seu editorial fala de um Estado "transformado numa gigantesca agência de empreguismo politico-partidário" e de famílias politicas que monopolizam o controlo da coisa pública que são uma "casta no sentido quase cleptomaníaco".


Aditamento em 20 de Novembro - Hoje o historiador Rui Tavares escreve um lindo mas muito ingénuo artigo no Público, contra o apoio do PSD ao Chega (note-se que neste blog o Rui Tavares já foi positivamente citado várias vezes, por conta das suas muito interessantes crónicas) contudo o Rui Tavares parece esquecer o que disse o Medina Carreira, que "não é possível que num regime onde a gatunagem funciona predominantemente que a democracia sobreviva" https://www.youtube.com/watch?v=EzDAoHJ5NHs e é por conta disso que o Chega cresce, apesar do Ventura ser quem é e de dizer as barbaridades racistas que diz, razão pela qual neste blog até já foi apelidado de porco várias vezes.   

PS - Apesar daquilo que acima ficou escrito e no que respeita à demagogia do partido CHEGA sobre o RSI nos Açores, convém olhar para os números. Há aproximadamente 15.000 beneficiários do RSI nos Açores que usufruem de um apoio médio de 86 euros mensais  o que dá uma despesa anual de 1.3 milhões de euros, que é desde logo um valor muito inferior aos 7 milhões de euros que os Portugueses gastam todos os anos a sustentar a subvenção vitalicia de uma classe politica parasita, essa despesa sim é que é preciso cortar com a maior urgência possível. Acresce que bastava que apenas uns escassos 5% dos beneficiários do RSI nos Açores optassem antes pela vida do crime e o custo de sustentar a sua estadia na cadeia chegava logo a 11 milhões de euros por ano um valor que é muito superior aos tais 1.3 milhões de euros pagos a 15.000 beneficiários, o que serve para provar que o RSI não apareceu por conta do bom coração da classe politica, mas sim em grande parte para reduzir o número daqueles que optam pelo crime e depois acabam no sistema prisional, que custa aos Portugueses aproximadamente 40 euros por dia por cada preso, o que dá 1200 euros por mês. 


Editor-in-Chief Barry K. Gills__From The Great Implosion to The Great Awakening

  


The Editorial by Barry K. Gills, Professor at the University of Helsinki (Editor-in-Chief of the journal Globalizations) can be found in the link above. In the last two paragraphs of the Editorial one can found some insights on Unity that not surprisingly were mentioned by Heraclitus more than two thousand years ago, that were also mentioned by Schrodinger in a 1944 book "What is life ?" and also in a letter of Albert Einstein of February 1950. Some interesting interpretations about the translation of that letter can be found here https://www.thymindoman.com/einsteins-misquote-on-the-illusion-of-feeling-separate-from-the-whole/

PS - In this Unity context (as an invisible dimensionless ‘inscape)  it is also worth remembering the 2040 prediction by the artificial intelligence expert Jürgen Schmidhuber https://link.springer.com/chapter/10.1007/978-3-540-71984-7_2

quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Deputada do PS ensina os empresários atingidos pela crise a terem lucros superiores a 500%



Aquela famosa deputada que gosta de ensinar os Portugueses a fazerem pela vida (post acima) acaba de dar mais uma lição de borla (link abaixo, para noticia hoje no jornal Público, naquilo que é um excelente exemplo de como se faz investigação jornalistica de qualidade) sobre como ter fabulosos lucros, dessa forma contribuindo para dar uma precisosa ajuda aos empresários Portugueses que estão a ser mais duramente atingidos pela pandemia e que agora só tem que copiar a receita do sucesso para dessa forma poderem finalmente dar a volta à crise e também ajudarem Portugal pagando impostos sobre esse lucros fabulosos. https://www.publico.pt/2020/11/18/politica/noticia/exautarca-deputada-lucraram-525-terreno-subestacao-ren-1939586 Resta somente saber porque é que ainda nenhuma Universidade atribuiu a esta deputada (e também ao seu genial marido) um doutoramento honoris causa em empreendedorismo ?

Interessante na história acima referida é que o sucedido ocorreu quando a REN era totalmente pública e tinha à frente um individuo de nome José Penedos, por coincidência o mesmo Penedos, que o Ministério Público acusou por ter provocado um prejuizo de meio milhão de euros  à REN num outro famoso processo. tendo sido condenado em tribunal por crimes de corrupção e de participação económica em negócio, porém passados que já estão 6 anos da referida condenação ainda anda por aí soltinho da silva a meter recurso atrás de recurso para evitar a cadeia https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/face-oculta-condenados-em-liberdade-querem-penas-suspensas-ou-mais-curtas Se fosse ali ao lado na vizinha Espanha onde há quem ande a cumprir penas de cadeia de 33 e 51 anos por crimes de corrupção já há muito que estava a cumprir uma longa pena de cadeia, mas infelizmente neste país a classe politica tratou de aprovar um Código Penal que é muito amigo dos burlões e dos corruptos. 

Entendem-se por isso agora muito melhor as recentes declarações do juiz Conselheiro Mouraz Lopes, que é "perito no fenómeno de bem desviar para o bolso dinheiros do erário público"https://www.publico.pt/2020/11/15/sociedade/noticia/dinheiro-publico-nao-cai-ceu-pessoas-esquecemse-1939242